HU-UFGD utiliza gravação de cirurgias como material de ensino

Objetivo é promover a integração entre saúde e tecnologia voltada ao ensino, por meio das ferramentas disponíveis na Unidade de e-Saúde

| ASSESSORIA


No último dia 16 de setembro, a Unidade de e-Saúde do Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD) realizou a gravação de um procedimento cirúrgico, marcando o início dessa prática com o objetivo de utilizar as imagens para o ensino. A intenção é que as cirurgias gravadas constituam uma ferramenta estratégica de ensino para graduandos e residentes.

A Unidade de e-Saúde tem os equipamentos necessários e autonomia técnica para realizar os processos de gravação. O Centro Cirúrgico também conta com a tecnologia necessária no ambiente das salas cirúrgicas, e a expectativa é que novos procedimentos venham a ser gravados e utilizados para o ensino no HU-UFGD.

Residência

O Programa de Residência Médica em Cirurgia Geral é diretamente beneficiado com a gravação de procedimentos cirúrgicos, tanto laparoscópicos (cirurgia por vídeo) quanto laparotômicos (cirurgia com abdome aberto), complementando a capacitação de médicos e estudantes, além dos demais profissionais do hospital e de outras instituições.

Rede Ebserh

Desde setembro de 2013, o HU-UFGD é vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). Ligada ao Ministério da Educação (MEC), a Ebserh foi criada em 2011 e, atualmente, administra 41 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.
Essas unidades hospitalares, que pertencem a universidades federais, têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas.

Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde das regiões em que os hospitais estão inseridos, mas se destacam pela excelência e vocação nos procedimentos de média e alta complexidades.