Leia Coluna do Jonas desta quuinta, 15

| REDAçãO


Jonas Alves da Silva (Silva Junior). Foto: Divulgação

Dourados, 15 de Setembro 2022 – Dia do Cliente. Dia de Nossa Senhora das Dores. Dia do Musicoterapeuta. Dia Internacinal da Democracia.

Pensamento: “Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chega a apertar o coração: é o amor!" - Carlos Drummond de Andrade

Musica:Eu te amo meu Brasil – Os Inscriveis

Niver: Jose Estulano, João Carlos de Souza, Analu Bonkoski, José Gomes Da Silva, Dola Carvalho, Evanir Silva - Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios. Salmos 90:12

Duas semanas

Daqui a exatamente 17 dias, no dia 2 de outubro, os eleitores (as) vão escolher os representantes para os cargos de presidente da República, governador, senador, deputado federal e deputado estadual.

As pesquisas “pipocam” por todo o Mato Grosso do Sul e tudo indica que a batalha poderá ser decidida em segundo turno. Portanto, os candidatos ainda têm duas semanas para não perder tempo.

Termômetro

Logicamente, muitos eleitores já estão decididos e só aguardam pelo dia 2 de outubro. No entanto, muitos outros ainda analisam as propostas dos concorrentes.

E os votos dos eleitores indecisos não podem ser desprezados. Aliás, são considerados decisivos em qualquer corrida rumo às urnas. E em 2022 isso não é diferente.

 

Sem empolgação

A campanha eleitoral vai indo de vento em popa, mas, sem aquela empolgação de antes, quando os candidatos tinham torcidas uniformizadas e os showmícios eram opções infalíveis principalmente nos bairros.

A legislação atual nivela a corrida eleitoral, embora alguns candidatos têm mais tempo no horário eleitoral no rádio e na TV, por conta de coligações.

Horário uniformizado

Conforme determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o horário de votação nas eleições de 2022 será uniformizado pelo horário de Brasília em todos os estados e no Distrito Federal. Com isso, em Mato Grosso do Sul, os eleitores deverão comparecer aos locais de votação entre 7h e 16h.

Além de Mato Grosso do Sul, eleitores do Amazonas, Rondônia, Roraima, Mato Grosso e Pará terão a votação iniciada uma hora antes. Já no Acre, a votação começará duas horas mais cedo e, em Fernando de Noronha, uma hora mais tarde.

28 mil mesários

A Justiça Eleitoral de Mato Grosso do Sul contará com mais de 28 mil mesários nas Eleições 2022. Até o momento, 26.719 eleitores já foram convocados e, desse total, metade é formado por cidadãos voluntários.

Os treinamentos, que tiveram início no dia 15 de agosto e seguem até o dia 1º de outubro, estão sendo realizados em três formatos: presencial, à distância (http://educacao.tse.jus.br) e também pelo aplicativo Mesário.

Redes sociais

Antigamente, os candidatos apostavam todas as suas fichas na imprensa escrita, no rádio e na TV e no  infalível corpo a corpo.

Atualmente, os candidatos estão mais voltados para as redes sociais, independentemente de fake news.

Críticas e elogios

A publicação com elogios ou críticas a candidatas e candidatos, feitos por uma eleitora ou eleitor em página pessoal, não será considerada propaganda eleitoral.

A repercussão desse conteúdo está autorizada, desde que não ocorra impulsionamento pago de publicações por parte do eleitor com a finalidade de obter maior engajamento.

Envio de mensagens

A resolução permite o envio de mensagens eletrônicas às eleitoras e eleitores que se cadastrarem voluntariamente para recebê-las. Porém, os emissores devem ser identificados, bem como precisam ser cumpridas as regras da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

Mecanismos para o descadastramento devem ser disponibilizados para a pessoa que não quiser mais receber as mensagens.

Telemarketing

A norma veda a propaganda via telemarketing e o disparo em massa de conteúdo eleitoral por meio de mensagens de texto, sem o consentimento prévio do destinatário.

Além de proibido, esse disparo pode ser sancionado como práticas de abuso de poder econômico e propaganda irregular. Nesse caso, a multa prevista varia entre R$ 5 mil a R$ 30 mil.

Materiais de campanha

No dia da eleição, a eleitora ou eleitor poderá revelar a sua preferência por determinada candidatura. Porém, a manifestação deve ser silenciosa por meio do uso de bandeiras, broches, dísticos, adesivos, camisetas e outros adornos semelhantes.

A norma proíbe a aglomeração de pessoas com vestuário padronizado que caracterize uma manifestação coletiva.

Casas legislativas

Nas Eleições Gerais deste ano, segundo dados, 27.964 candidatas e candidatos disputarão cadeiras nas eleições proporcionais no Brasil. Destes, 10.619 concorrem o cargo de deputado federal. Outros 16.735 são postulantes a uma vaga de deputado estadual, e 610 concorrem para o parlamento distrital. Esses números ainda podem sofrer alterações devido a eventuais substituições nas candidaturas.

Para o pleito de 2022, são 513 os cargos em disputa para a Câmara dos Deputados e 1.059 as vagas para o Legislativo estadual e distrital, sendo 1.035 cadeiras para as Assembleias Legislativas e 24 para a Câmara do Distrito Federal.  

Telefones úteis em Dourados

Quantas vezes a gente já precisou fazer uma ligação de emergência, mas não lembrou ou não sabia o número do telefone. Pensando nisso, a Gazeta MS publica alguns números que, se for preciso, serão facilmente encontrado.

Anota aí:

Polícia Militar: 190

Bombeiros: 193

Guarda Municipal: 199 e 153

Polícia Rodoviária Federal (PRF): 191

Polícia Rodoviária Estadual (PRE): 198

SAMU: 192        

Polícia Civil - SIG (67) 3411-8080

Aeroporto (67) 3411-7936

Utilidade Publica

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.
Logo publicaremos outros números de emergência. 

[email protected]  



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE