Homem é preso após forjar sequestro e pedir resgate à família

| DOURADOSNEWS / DA REDAçãO


Um homem de 32 anos, foi preso em flagrante nesta terça-feira, dia 13 de setembro, após simular sequestro por 45 dias e extorquir a própria mãe e irmã em quase R$ 20 mil, em Campo Grande. O caso foi registrado na DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios).

Segundo o site Campo Grande News, o suspeito saiu de casa em dia 30 de julho e, desde então, não havia retornado. Segundo boletim de ocorrência, ele afirmou à familiar que tinha sido sequestrado por traficantes e que possuía dívida por drogas.

Caso não pagasse pelo resgate, ele seria morto, o que fez com a mulher pagasse o valor. Foram duas transferências feitas pela mãe, totalizando cerca de R$ 12,2 mil. Em seguida, o homem ligou para a própria irmã, solicitando R$ 7 mil reais. Temendo que o irmão fosse assassinado, conforme dito por ele por ligação, ela efetuou o pagamento.

Ele próprio ligava para a mãe, pedindo transferências via sistema Pix, inicialmente para que uma suposta motocicleta dele fosse liberada, e posteriormente, para que ele próprio fosse 'resgatado'.

A mãe relatou que 15 dias após a última transferência, o filho ligou para ela, pedindo novos R$ 13 mil, o que a motivou a procurar a delegacia. 'Autoridade policial determinou a equipe de policiais do setor de investigação e do setor de pessoas desaparecidas, que empreendessem diligências no sentido de encontrar e resgatar [o homem].'

A partir das investigações, a Polícia Civil concluiu que o filho da vítima estava envolvido na ocorrência, 'tendo forjado seu sequestro para extorquir dinheiro da vítima'. Os agentes foram até local de suposto cativeiro e encontraram o homem, junto a um comparsa que trabalhava em conjunto para a encenação, além de porções de cocaína e maconha. 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE