Róger Guedes marca no final, e Corinthians arranca empate do Fluminense no Maracanã

| GAZETA ESPORTIVA


O Corinthians saiu atrás do marcador nos dois tempos contra o Fluminense, nesta noite, no Maracanã, mas buscou o empate por 2 a 2 no primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil. A partida de volta acontecerá em 15 de setembro, às 20h (de Brasília), na Neo Química Arena, sem vantagem para nenhuma das equipes.

O primeiro tempo foi digno de uma grande decisão. Com apenas um minuto, Fagner cometeu pênalti em cima de Arias, convertido por Paulo Henrique Ganso. As ações do jogo se equilibraram e, aos 22, Renato Augusto deixou tudo igual após bela assistência de Yuri Alberto.

Repetindo o roteiro, os cariocas chegaram ao gol com menos de um minuto da etapa complementar, em chutaço de primeira de Arias, na entrada da área. O Tricolor ainda teve mais chances de ampliar a vantagem, mas foi Róger Guedes quem buscou o empate já no finalzinho.

Depois da Copa do Brasil, ambos os clubes voltam suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Segundo colocado, o Fluminense enfrentará o líder Palmeiras, no sábado, às 19h (de Brasília), também no Maracanã, em jogo válido pela 24ª rodada. Já o Corinthians, na quarta colocação, recebe o RB Bragantino, na Neo Química Arena, na segunda-feira, às 21h30 (de Brasília).

Mal o apito soou e o Fluminense abriu o marcador. Com um minuto de bola rolando, Fagner deu uma solada em Arias dentro da área e o árbitro marcou a penalidade, convertida por Ganso. Aos seis, Renato Augusto cobrou escanteio, mas a zaga cortou. Na sequência, Fábio Santos chutou longe.

Pouco depois, Arias recebeu na meia-lua, tentou tabela, mas, após bate e rebate, a zaga cortou para longe. O Flu continuou pressionando, quando Nonato foi até a linha de fundo e cruzou para trás. Arias tentou o chute e foi travado, mas a bola sobrou para Manoel, que mandou por cima do gol de Cássio.

O jogo seguiu movimentado. Aos 11 minutos, Fagner chegou até a linha de fundo e cruzou para Yuri Alberto, que chutou em cima da defesa tricolor. O Alvinegro tentou pressionar, mas donos da casa possuíam mais a bola.

Aos 22, Nonato passou para André, que não não conseguiu dominar, e Yuri Alberto partiu pelo meio, até chegar na entrada da área. Cercado, ele deu belo passe para Renato Augusto, na direita, que chutou cruzado e deixou tudo igual. As ações ficaram equilibradas, e chute de Róger Guedes assustou Fábio, passando à direita superior do seu gol.

Aos 34, Cássio fez milagre em cabeçada de Cano, após cruzamento certeiro de Matheus Martins. Já as 42, Renato teve chance de cruzar na área em cobrança de falta, mas a defesa afastou. Nos acréscimos, Manoel perdeu a bola e Renato acionou Yuri no contra-ataque. O camisa 9 teve grande chance, mas, ao driblar Nino, acabou perdendo a bola.

Repetindo o roteiro da primeira etapa, o Flu abriu o marcador com menos de um minuto. Samuel Xavier lançou para Cris Silva na esquerda, que tinha acabado de entrar no lugar de Caio Paulista. Ele se infiltrou na área, tentou o cruzamento travado por Gil. No rebote, Arias pegou de primeira e estufou as redes de Cássio.

Aos sete, Adson recebeu pela direita, cortou para o meio e arriscou, mas Nino fez o corte. Pouco depois, os cariocas tiveram duas chances seguidas, uma antecipada por Balbuena, que tirou a bola, e outra em chute cruzado de Cano, defendido por Cássio. Em ambas as ocasiões, a defesa corintiana mostrou-se perdida.

Depois disso, o jogo ficou mais truncado, sem tantas emoções e chances. Aos 24, Renato cobrou falta levantando a bola, mas a jogada não foi continuada por Adson. Na sequência, Yuri tentou chutar e foi travado. Aos 36, Nathan levantou a bola também em cobrança de falta, Balbuena se antecipou e mandou para a linha de fundo, bem perto do gol.

Pouco depois, Nathan avançou pela esquerda e tocou para Marrony, que girou e mandou para Ganso. O meia passou de primeira para Cano, que não conseguiu dominar, na frente do gol.

Já partindo para o final do jogo, Fausto tocou para Fagner na direita, que mandou para Róger Guedes dentro da área. O camisa 10 dominou e girou em cima de Nino, batendo cruzado e deixando tudo igual no Maracanã.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 2 X 2 CORINTHIANS

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ) Data: 24 de agosto de 2022 (quarta-feira) Horário: 19h30 (de Brasília) Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC) Auxiliares: Kléber Lúcio Gil (Fifa-SC) e Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) VAR: Wagner Reway (PB) Cartões amarelos: Fagner, Fábio Santos e Róger Guedes (Corinthians); André (Fluminense) GOLS: Fluminense: Ganso, de pênalti, ao 1 minuto do 1º tempo; Arias, ao 1 minuto do 2º tempo. Corinthians: Renato Augusto, aos 22 do 1º tempo, e Róger Guedes, aos 44 do 2º tempo. Público total: 58.203 torcedores Renda: R$ 2.462.755,00

FLUMINENSE: Fábio; Samuel Xavier, Nino, Manoel e Caio Paulista (Cris Silva); André, Nonato (Martinelli) e Paulo Henrique Ganso (Michel Araújo); Matheus Martins (Marrony), Arias (Nathan) e Germán Cano. Técnico: Fernando Diniz.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Gil, Balbuena e Fábio Santos; Du Queiroz (Xavier), Fausto e Renato Augusto (Ramiro); Adson (Gustavo Silva), Róger Guedes (Lucas Piton) e Yuri Alberto (Mateus Vital). Técnico: Vítor Pereira.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE