Exército inicia capacitações técnicas na Embrapa, através de acordo até 2027

| EMBRAPA


Imagem: Bruno Andrade - 9º BIM

Capacitar pessoas. Este é o foco de uma série de cursos profissionalizantes que se iniciou neste dia 22 de agosto entre a parceria Embrapa, Exército Brasileiro e Sistema S (Serviços) da sociedade organizada. A primeira turma de soldados desta parceria recebe até dia 26 de agosto a capacitação sobre Mecanização, operação e manutenção de tratores agrícolas. Todo o treinamento é realizado em aulas teóricas e práticas por ministrante do Senar/RS, na Estação Experimental Terras Baixas (ETB), localizada no Capão do Leão.  

Segundo o coronel Azambuja,  comandante 9º BIM - Batalhão Tuiuti do Exército de Pelotas, a intenção do Exército Brasileiro local é capacitar soldados e cabos em diferentes temáticas, especialmente ligadas ao mercado agrícola. “Nossos campos de instrução militar são bem afastados de nossa base. Procuramos a Embrapa para realizar nossas manobras militares, e neste diálogo, houve a contrapartida de oferecimento de cursos para nosso efetivo, dando uma nova visão para os militares temporários, tendo ou não origem no campo, para que, ao sairem do Exército, eles tenham oportunidades no mercado de trabalho', falou.

De acordo com o Comandante, os soldados, ao receberem as capacitações, irão utilizar os conceitos dentro de suas próprias atividades militares, pois muitos destes estão diretamente ligados ao desempenho de processos da Instituição. Em contrapartida, ao ocupar a área de infraestrutura da Empresa para realização de manobras militares, proporcionarão maior segurança ao patrimônio público.

O pesquisador André Andres,  coordenador técnico da ETB, diz que as ações realizadas em parceria com o Exército passam de uma agenda pontual para uma parceria oficializada, através de um acordo de cooperação, com a finalidade de regularizar a colaboração mútua entre as partes. As reuniões de discussão desta proposta vêm sendo feitas desde o segundo semestre de  2021.

Programa das capacitações

Durante as reuniões de planejamento da parceria foram elencados quatro cursos anuais com os temas de  Sistema de produção de leite; Manejo e produção de frutíferas (frutas de caroço e citros de mesa) e hortícolas (morango e batata-doce); Operação básica de drones e Operacionalização de máquinas e implementos agrícolas. A cooperação técnica prevê também a realização e apresentação do  inventário ambiental em área georreferenciada da Estação Experimental. O acordo tem cinco anos de vigência.

Capacitação de Tratores Agrícolas

A primeira capacitação tratou da temática de Mecanização, Operação e Manutenção de Tratores Agrícolas, ministrada por Plínio Pacheco Pinheiro - consultor, professor da Escola Agrícola de Carazinho, e instrutor do Senar/RS na área de mecanização.

Plínio Pacheco Pinheiro abordou informações relacionadas a manutenção e operação de tratores agrícolas, dando ênfase à manutenção de motores a diesel, sistema dos tratores, transmissões hidráulicas, classificação de lubrificantes e regras de segurança. A capacitação compreende 40h/aula.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE