10 cuidados ao usar prancha de cabelo

Por mais que a prancha seja uma aliada de muitas mulheres, é preciso tomar alguns cuidados ao utilizá-la. 

| ASSESSORIA


Tendências de moda e beleza vêm e vão, mas uma que sempre permanece com muitas mulheres como adeptas é a prancha de cabelo, ou, como é popularmente é conhecida, a chapinha.

Além de ser acessível e fácil de utilizar, essa ferramenta permite que rapidamente você esteja pronta para ir ao trabalho, a um encontro ou uma balada com as amigas.

Apesar da versatilidade e de ser comum em nosso dia a dia, existem muitas pessoas que negligenciam alguns cuidados ao utilizá-la e acabam sofrendo alguns danos capilares.

Para que isso não aconteça mais com você, separamos abaixo algumas dicas de cuidados. Não deixe de compartilhar com aquela amiga que não abandona a prancha por nada!

Quais cuidados devo ter ao utilizar a prancha de cabelo?
Utilize bons produtos
Embora muitas mulheres não saibam, antes mesmo de pensar em cuidados com a finalização dos cabelos, é importante cuidar dos fios antes mesmo de utilizar a chapinha. 

Para isso, invista em bons produtos de cuidado diário com a lavagem. Um shampoo e um condicionador livre de sulfato e sal e específico para o seu tipo de cabelo já pode ajudá-lo a se manter saudável e forte.

Não se esqueça do protetor térmico
Se a prancha é sua melhor amiga, o protetor térmico é o melhor amigo dela! Devido ao calor dessa ferramenta, o cabelo sofre muito impacto e agressão, conferindo um aspecto opaco e com frizz, o que ninguém deseja, não é?

Os protetores térmicos são uma solução para este problema. Não deixe que esse produto falte em sua necessaire!

Nunca use a chapinha com o cabelo molhado
Apesar de ser muito mais fácil passar a chapinha com os fios molhados e do visual final ser bem liso, os cabelos úmidos e molhados, infelizmente, aguentam menos os danos que a ferramenta de calor traz.

Se você não deseja queimar seus fios, opte por secá-los primeiro, assim ele com certeza estará mais protegido.

Aposte em finalizador ou óleo de pontas
Quando terminar de passar a prancha nos cabelos, não esqueça de passar um finalizador ou um óleo vegetal nas pontas, que são as que mais sofrem com o calor excessivo.

Isso dará uma maior hidratação e, consequentemente, uma aparência melhor, mesmo depois de já ter lavado os fios, quando os efeitos da chapinha já se foram.

Use com moderação
Se você utiliza a chapinha diariamente ou ainda a repassa ao longo do dia, é melhor rever esse uso.

Mesmo que você tenha cuidado, o cabelo precisa de um descanso para não ficar tão quebradiço e frágil. Tente reduzir o uso para, no máximo, três vezes na semana, que tal?

Atenção ao tempo de uso e a forma de passar a prancha
Ainda que todo mundo supostamente saiba como utilizar a chapinha, muitas pessoas a utilizam da forma errada.

O recomendado é que você nunca deixe que ela permaneça mais do que dois segundos em cima de uma mesma parte do cabelo.

Além disso, é necessário utilizá-la da maneira correta: passá-la de cima para baixo, em um movimento sempre constante.

Cuidado com a temperatura
Nesse ponto do texto, você provavelmente já entendeu que o motivo pelo qual a prancha danifica os cabelos é a temperatura.

Sendo assim, é necessário ter atenção redobrada quanto a isso. Mesmo que o cabelo fique mais liso com a temperatura mais elevada, ele também ficará mais danificado, na mesma proporção.

Prefira utilizar aparelhos que tenham termostato e se atente para que a temperatura nunca seja maior do que 180 graus.

Monte um cronograma capilar
Muito provavelmente você já viu essa dica em vários lugares, certo? Pois é! O cronograma capilar é, sem dúvidas, um dos maiores favores que você pode fazer aos seus fios!

Ele nada mais é do que uma série de tratamentos intercalados, entre eles, estão a hidratação, a nutrição e a reconstrução.

Para montá-lo, você precisa entender qual a maior necessidade do seu cabelo: devolver água, devolver nutrientes ou repor a massa.

Para descobrir a resposta, além de conhecer seus fios, é importante realizar um teste de porosidade.

Para isso, você precisará de um copo de água e um fio de cabelo. Basta que você coloque o fio no copo e aguarde alguns minutos.

Se ele permanecer na superfície, precisa hidratar. Se ficar no meio do copo, precisa nutrir. E se afundar, precisa reconstruir.

Com essa resposta, você saberá qual tratamento seu cabelo precisa. Assim, você consegue adaptar sua rotina de cuidados intercalando todos eles e, é claro, dando maior foco na necessidade do seu cabelo.

Caso tenha alguma dúvida sobre isso, uma cabeleireira de confiança poderá te esclarecer melhor. Não deixe de perguntar!

Cuidado com a sua pele
Se muitas vezes os cuidados com o cabelo são negligenciados ao utilizar a prancha, imagine então a pele!

Não é raro encontrar mulheres que já se queimaram ao utilizar a chapinha, seja devido a pressa, o uso errado ou por fazer a tarefa no automático, sem muita atenção.

Fique atenta e tome todo o cuidado possível para não queimar a sua testa, suas orelhas ou até mesmo suas mãos!

Compre uma chapinha de qualidade
Apesar de ser fácil de encontrar e ter um valor acessível pelo benefício que traz, ao escolher uma chapinha, não busque somente pelo preço, foque na qualidade!

Isso porque as melhores marcas disponíveis no mercado buscam sempre estar atentas a novas tecnologias. Um exemplo é a MQ Hair, uma marca profissional, reconhecida no mercado e que está sempre atenta para tratar seus fios da melhor forma possível.

Tudo isso é muito importante para que os seus fios sofram o menos possível com o uso do equipamento.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE