China deve construir sua própria base espacial até 2023

A agência espacial da China planeja fazer 11 lançamentos nos próximos dois anos

| MUNDO CONECTADO / ANA LUIZA PEDROSO


Créditos: Estacao espacial internacional / NASA

Novas relatórios da China estão divulgando que o país deve construir uma nova base no espaço. Esse projeto é descrito como ambicioso pelas mídias internacionais, com o objetivo de fazer uma construção de uma base espacial totalmente própria, em um período curto. A agência espacial da China deve começar as obras em breve, para que sejam concluídas em 2023.

De acordo com os relatórios divulgados, essa nova base deve pesar cerca de 66 toneladas. Para isso, a construção será feita em etapas. A China planeja fazer 11 lançamentos com espaçonaves e astronautas para o espaço nos próximos dois anos. Isso indica que o nível de pesquisas e planejamentodo país já está bastante avançado.

05/06/2020 às 14:38 Notícia Contrato entre Nasa e SpaceX é modificado com adições para fu... A empresa de Musk pode levar astronautas para a ISS em até seis missões diferentes agora

A empresa de Musk pode levar astronautas para a ISS em até seis missões diferentes agora

Quando a nova estação espacial ter concluídoas obras, ela vai poder abrigar tripulações de até três astronautas, por um período de seis meses, em cada vez. É esperado que isso ocorra a partir de 2023, que é a data de planejamento para a conclusão da base.

Segundo o planejamento da China, essa nova base deve ficarà uma órbita de 340 a 450 km da superfície da Terra. Isso quando for concluída. O objetivo éajudar em novas pesquisas, feitas de forma independente pela China. Ao que parece, o país não vai usar parcerias com outras nações.

O planejamento prevê que a baseterá três módulos totalmente operacionais. Sendo eles: espaço principal e duas áreas dedicadas a experimentos. Ou seja, o foco da base será no avanço da ciência, em pesquisas avançadas do espaço.

A agência espacial da China fala que os astronautas testarão a biologia em gravidade zero. Além disso - outras novas tecnologias espaciais que ainda não foram detalhadas, mas que devem ser usadas para melhoria da vida na terra -, também vão receber atenção pelos cientistas enviados nas missões.

De acordo com os relatórios, o primeiro módulo da nova estação espacial será lançado no primeiro trimestre de 2022. Para isso, será usado o foguete Long March 5B. Ainda não se sabe qual será a tripulação e mais detalhes sobre esse lançamento.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE