Candidatos ao governo de Mato Grosso do Sul em 2022: veja lista

Os partidos têm até o dia 5 de agosto para realizar as convenções e deliberar sobre a formação de coligações e escolher candidatas e candidatos que vão disputar as eleições. O pedido de registro da candidatura deve ser feito até 15 de agosto.

| G1 / G1 MS


Adonis Marcos é candidato ao governo de Mato Grosso do Sul pela Federação Rede PSOL. — Foto: Kharina Prado

Com o início das convenções nesta quarta-feira (20), previsto no calendário da Justiça Eleitoral, os partidos começaram a confirmar os nomes de seus candidatos ao governo de Mato Grosso do Sul.

Os partidos têm até o dia 5 de agosto para realizar as convenções e deliberar sobre a formação de coligações e escolher candidatas e candidatos que vão disputar as eleições. O pedido de registro da candidatura deve ser feito até 15 de agosto.

O primeiro turno da eleição para presidente, governador, senador, e deputados federais e estaduais está marcado para 2 de outubro de 2022, e, eventual segundo turno, no dia 30 do mesmo mês.

Esta matéria é atualizada à medida que os candidatos são confirmados.

Confira a lista, em ordem alfabética, dos candidatos ao governo de São Paulo:

Adonis Marcos (PSOL)

A Federação Rede PSOL aprovou em convenção, no dia 24 de julho, a escolha de Adonis Marcos, como candidato ao governo de Mato Grosso do Sul nas eleições deste ano. A oficialização da candidatura foi realizada na Câmara Municipal de Vereadores de Campo Grande.

Em discurso, o candidato afirmou que uma das principais frentes da campanha deve ser a geração de renda e empregos. “Vamos trabalhar muito a questão de emprego e geração de renda, nosso estado é pujante no Brasil, estamos em um local estratégico logisticamente e precisamos desenvolver. Mato Grosso do Sul precisa cuidar das pessoas, o estado não pode ser rico com o seu povo pobre', disse.

Adonis Marcos tem 38 anos e é natural de Cascavel, no Paraná. É advogado, autônomo, conciliador do CNJ em formação e militante das causas sociais, tanto no campo quanto na cidade. Já foi candidato a deputado estadual e vereador por Campo Grande.

Rose Modesto (União Brasil)

O União Brasil aprovou em convenção no dia 22 de julho, a escolha de Rose Modesto, como candidata ao governo de Mato Grosso do Sul nas eleições deste ano. A oficialização da candidatura foi realizada em um centro de eventos, em Campo Grande.

A campanha de Rose tem o lema “Rose Cuida'. Além de viabilizar um olhar mais humano, Rose Modesto se apresentou em dois lados de uma mesma pessoa. Durante a convenção, a candidata apresentou a Rose, que é uma persona voltada à vida política e “conquistas' durante os mandatos, e a Modesto, que é uma mulher “simples', professora e oriunda de família humilde.

Rose Modesto é professora, tem 44 anos, e nasceu em Culturama, distrito de Fátima do Sul. A deputada já atuou como vereadora de Campo Grande, entre os anos de 2009 e 2014. Em 2015, Rose tomou posse como vice-governadora de Mato Grosso do Sul. No ano seguinte, em 2016, chegou a disputar no segundo turno a prefeitura da Capital, mas perdeu. Em 2018, foi eleita deputada federal mais votada do estado.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE