Leia Coluna do Jonas desta segunda, 25

| REDAçãO


Jonas Alves da Silva (Silva Junior). Foto: Divulgação

Dourados, 25 de Julho 2022 – Dia de São Cristóvão. Dia do Escritor. Dia do Colono. Dia do Motorista. Dia de São Tiago Maior. Dia da Mulher Negra Latina e Caribenha. Dia Mundial de Prevenção do Afogamento

Pensamento: Não falar mal de ninguém é a melhor forma de falar bem de você."

Musica: Dolannes Melody - Jean Claude Borelly – Indicação Mateus Gnutzman

Niver: Marcos DA Silva Marcão, Seginho Paula Almeida, Lima Hiper, Eder Mendes Nunes, Hermes De Araujo Rodrigues, Doriedson Pereira Pavao, Thomaz Koerich de Araujo - Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios. Salmos 90:12

Assédio

Tem sido grande a repercussão da matéria publicada pelo site Metrópoles, de Brasília, na manhã de segunda-feira (20), trazendo a informação de que o ex-prefeito e pré-candidato a governador estadual, Marquinhos Trad, teria sido denunciado por crime de assédio sexual por quatro mulheres.

Fake?

Inicialmente, o caso foi tratado como Fake News pelo político, mas a alegação caiu no meio da tarde, quando a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sejusp) confirmou, por meio de nota, que de fato existe inquérito instaurado e que Trad é sim alvo de investigação por assédio sexual.

Defesa

Marquinhos Trad é investigado pela Polícia Civil de MS depois que quatro mulheres procuraram à Delegacia Especializado de Atendimento à Mulher e o denunciaram de assédio sexual. O pré-candidato do PSD nega as acusações e afirma que é “armação” de adversários “desesperados porque estamos aparecendo em primeiro nas pesquisas”, conforme divulgado pela Folha de Dourados.

Coluna CBN

Na manhã, de quinta-feira (21), foi confirmado que mais duas vítimas registraram boletim de ocorrência contra o político, tendo sido ambas ouvidas na sede da Delegacia de Proteção e Defesa da Mulher (DEAM). Esse foi o tema abordado na coluna CBN em Pauta de quinta-feira pelo jornalista Edir Viegas. Segundo a Sejusp, em 2018 Marquinhos Trad foi investigado pelo Tribunal de Justiça pelo mesmo crime.

Foro

Como era prefeito à época, tinha direito a foro privilegiado, o que não é mais o caso com relação às novas denúncias. Não se sabe o resultado dessa anterior investigação, pois o processo está sob segredo de justiça.

Por enquanto, a Sejusp confirma investigação em andamento.

Coletivo de mulheres

Na tarde da quinta-feira (21), o Coletivo de Mulheres da pré-candidata do PT de Dourados a deputada estadual, Gleice Jane, divulgou nota nas redes sociais exigindo “apuração séria, profunda, transparente e com respeito à dignidade das [supostas] vítimas de assédio” do ex-prefeito de Campo Grande e pré-candidato a governador de Mato Grosso do Sul, Marquinhos Trad (PSD).

Instituto AEFA

Foram anos de muita luta, muita dificuldade, inúmeras tentativas, várias negociações, mas enfim, com Glórias a Deus, o INSTITUTO AEFA entra para o catálogo de clubes da FFMS (Federação de Futebol do Mato Grosso do Sul), sendo também o mais novo clube do MS reconhecido e registrado na CBF (Confederação Brasileira de Futebol), entidade máxima que rege oficialmente o futebol do Mato Grosso do Sul e do Brasil.

Pra começar

Para consagrar a filiação o Instituto AEFA irá disputar sua primeira competição oficial da FFMS, o Sub 17 - categoria (2005 e 2006), e depois o Sub 15, e assim por diante. O Instituto Aefa agradece, de coração, a todos que o apoiam. “Juntos conseguimos muito e podemos conseguir muito mais”.

Telefones úteis em Dourados

Quantas vezes a gente já precisou fazer uma ligação de emergência, mas não lembrou ou não sabia o número do telefone. Pensando nisso, a Gazeta MS publica alguns números que, se for preciso, serão facilmente encontrado.

Anota aí:

Polícia Militar: 190

Bombeiros: 193

Guarda Municipal: 199 e 153

Polícia Rodoviária Federal (PRF): 191

Polícia Rodoviária Estadual (PRE): 198

SAMU: 192        

Polícia Civil - SIG (67) 3411-8080

Aeroporto (67) 3411-7936

Utilidade Publica

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.
Logo publicaremos outros números de emergência. 

[email protected]  



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE