Minha metade - Adail Alencar Taveira

| DO AUTOR


Adail Alencar Taveira. Foto: Arquivo

Quando a ternura me invade, inebriado pelo amor que sentimos, porque você é a soma das nossas metades, desse lindo amor que dividimos. Você é o que existe de mais belo, contigo sou plenamente feliz, te ofereço esse poema singelo, seu amor fez da tristeza cicatriz.

Minha querida, adoro te ver sorrindo, a minha vida pra você é dedicada, você me oferece um amor tão lindo, e pra sempre será minha amada. Seja sempre essa mulher maravilhosa, farei tudo pra ver o seu sorriso, com carinho te ofereço um buquê de rosas, você me faz viver no paraíso.

Eu te amo tanto, quero gritar para o mundo, desse carinho que me dá tanta paz, eu te ofereço um amor profundo, e agradeço o acalanto que me faz. Quero te amar hoje, amanhã, todo dia, meu amor, sua felicidade é a minha, quero viver pra te dar alegrias, sou o seu súdito, minha rainha. Para o amigo: Wilson Júnior Américo de Oliveira e esposa. Adail Alencar Taveira.

Cabo de Santo Agostinho-Gaibu-PE, 15-07-2.022.