Entre vaias e aplausos, Flamengo vence o América e se afasta do Z4

Os gols da vitória do Rubro-Negro sobre o América-MG, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, foram marcados por Gabigol, Arrascaeta e Marinho

| LANCE! / MATHEUS DANTAS


Jogadores do Flamengo comemoram a vitória sobre o América, no Maracanã (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Entre vaias e aplausos dos mais de 40 mil torcedores que foram ao Maracanã neste sábado, o Flamengo venceu o América-MG por 3 a 0, com gols de Gabriel Barbosa, Arrascaeta e Marinho. Durante a vitória - que afastou o time de Dorival Júnior do Z4 -, a torcida mostrou insatisfação com alguns atletas - inclusive com o camisa 9 -, mas também aplaudiu, e muito, outros jogadores, como João Gomes.

+ Confira a classificação completa e a tabela da Série A do Brasileirão!

Com o resultado, o Flamengo foi aos 18 pontos e se afastou do Z4. O time de Dorival Júnior ocupa, momentaneamente, a oitava posição. O América-MG, por sua vez, é o 15º colocado da tabela, com 15 pontos. O foco do Rubro-Negro, agora, se volta à Copa Libertadores. Na quarta-feira, o time de Dorival enfrenta o Tolima, na Colômbia, no primeiro jogo das oitavas de final da competição. Saiba mais aqui!

PRIMEIRO TEMPO DE POUCA INTENSIDADE Os primeiros 25 minutos do jogo se passaram sem que Flamengo e América-MG exigissem dos goleiros adversários uma única defesa. Com marcações sem tanta intensidade e a dificuldade na construção de jogadas de ataque, a partida ficou concentrada na intermediária. Por mais que tivesse a posse de bola, o alterado time de Dorival Jr teve problemas. O meio de campo pouco municiou a dupla Gabi e Pedro. Quem mais tentou foi Rodinei, indo ao fundo. Foi o próprio lateral, em chute de fora da área, que levou mais perigo à meta rival.

JOGADOR OU ARTISTA? GABI RESPONDE... Mesmo sem brilho, o Flamengo foi crescendo: Andreas, João Gomes e Gabi, duas vezes, finalizaram com certo perigo antes dos 35. O gol, contudo, só saiu aos 41. Em lançamento de Santos, Éder foi batido por Pedro, que girou e serviu Gabriel Barbosa. De primeira, o camisa 9 tocou na saída do gol e abriu o placar aos 41. E a comemoração foi no estilo Lil Gabi, 'jogando dinheiro' para o alto e rimando. Veja aqui!

E TESTA A PACIÊNCIA RUBRO-NEGRA! O Flamengo voltou mais agressivo e, em cerca de 10 minutos, já havia criado mais chances de gol do que em todo primeiro tempo. Porém, as chances perdidas em sequência irritaram a torcida e deixaram o jogo aberto. Cara a cara com Matheus, o camisa 9 perdeu dois gols. Na sequência, Gabi serviu Rodinei, que finalizou por cima. Aos 7, Arrascaeta foi derrubado na área. O camisa 9 foi para a cobrança e perdeu o terceiro pênalti perdido em 32 cobrados pelo Flamengo. Substituído aos 24, Gabi gol saiu de campo entre vaias e aplausos.

ARRASCAETA ACABA COM O DRAMA! No minuto seguinte à substituição, Everton Ribeiro foi lançado por Pedro e deixou Arrascaeta na cara do gol: 2 a 0 e festa no Maracanã! Para garantir a vitória, o Flamengo ainda contou com Santos. O goleiro - de volta ao time após 52 dias - foi bem quando exigido. As principais intervenções foram em finalizações de Pedrinho e Aloísio. Os minutos finais também serviram para sentir o momento de certos jogadores com a torcida. João Gomes foi ovacionado ao deixar o jogo. Andreas Pereira, perto de se despedir do clube, foi aplaudido, enquanto Diego, que substituiu o camisa 18, recebeu algumas vaias. Já nos acréscimos, Marinho recebeu na entrada da área e fez o terceiro do Flamengo. E o grito de 'festa na favela' ganhou o Maraca!

FICHA TÉCNICA FLAMENGO 3X0 AMÉRICA-MG Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ) Data e hora: 25 de junho de 2022, às 19h Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC) Assistentes: Kleber Lucio Gil (FIFA/SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC) VAR: Wagner Reway (PB) Renda/Público: R$ 1.437.355,25 / 40.050 pagantes / 42.931 presentes Gols: Gabigol (1-0, 41'/1ºT), Arrascaeta (2-0, 25'/2ºT) e Marinho (3-0, 46'/2ºT) Cartão amarelo: João Gomes (FLA); Danilo Avelar (AMG) Cartão vermelho: Não houve.

FLAMENGO (Técnico: Dorival Júnior) Santos; Rodinei, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Ayrton Lucas; João Gomes (Willian Arão, 38'/2ºT), Thiago Maia, Andreas Pereira (Diego, 29'/2ºT) e Arrascaeta (Lázaro, 29'/2ºT); Gabi ((Everton Ribeiro, 24'/2ºT) e Pedro (Marinho, 38'/2ºT). 

AMÉRICA-MG (Técnico: Vagner Mancini) ​ Matheus Cavicholi; Patric, Éder, Danilo Avelar e Marlon (Luan Patrick, 10'/2ºT); Lucas Kal (Zé Ricardo, 27'/2ºT), Juninho e Alê; Felipe Azevedo (Pedrinho, 10'/2ºT), Everaldo (Matheusinho, 27'/2ºT) e Henrique Almeida (Aloísio, 10'/2ºT).



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE