O CORAÇÃO DE UM POETA - Adail Alencar Taveira


Adail Alencar. Foto: Divulgação

O coração de um poeta, vive de sua sensibilidade, suas emoções nunca deleta, sua ternura é a sua verdade.

O coração de um poeta, sente o amor plenamente, se entrega de corpo e alma, e à sua amada não é indiferente.

O coração de um poeta é só amor, no jardim da vida respira poesia, mesmo na tristeza vence a dor, porque só semeia paz e alegria. Como é bom viver cada momento, oferecendo carinhos para o semelhante, na plenitude do seu sentimento, levita em sonhos cada instante.

Adail Alencar Taveira. Para o amigo poeta: Charlan Fialho. Cabo de Santo Agostinho-Gaibu-PE, 17-06-2.022.

---

NA BRISA DO VENTO

Voe livre, chegue perto das nuvens, sinta a brisa do vento te acariciar, renove todas as suas penugens, e se sinta feliz por poder voar. Sorria para o mundo desesperador, a vida é linda pra ser vivida, ofereça o seu carinho por onde for, faça com que sua emoção seja dividida. Assim você se sentirá feliz, semeando no seu caminho a esperança, faça das tristezas cicatriz, seja plena com um sorriso de criança. Que bom valorizar cada momento, oferecendo paz em troca de guerra, porque é lindo o sentimento, de quem semeia amor na terra.

Voe, como um águia bem alto, porque estará em segurança, sei que com certeza é capaz, da tempestade fazer a bonança.

Para a minha amiga: Wylna Espinar Adail Alencar Taveira Cabo de Santo Agostinho-Gaibu-PE, 06-06-2.022.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE