Veículo furtado no Rio Grande do sul é recuperado a caminho da fronteira do MS

| DOURADOSNEWS / DA REDAçãO


A ocorrência aconteceu na Rodovia MS-156 - Crédito: Divulgação PMR

Na madrugada desta segunda-feira (27), a Polícia Militar Rodoviária (PMR) recuperou um veículo adulterado, furtado no estado do Rio Grande do Sul. Durante a ação, quatro homens foram presos e uma adolescente, de apenas 15 anos de idade, foi apreendida. A ocorrência aconteceu na Rodovia MS-156.

O flagrante ocorreu logo após uma equipe da PMR abordar dois veículos na rodovia, que trafegavam no sentido de Caarapó a Amambai, com destino a cidade de Ponta Porã. No Ford Fiesta de cor verde, placas de Caxias do Sul (RS), estavam o motorista, 38, e um passageiro, 19. Já no Renault Captur de cor branca, placas de Guaíba (RS), estavam o motorista, 30, e dois passageiros, de 26 e 15 anos.

Segundo informações da PMR, durante a abordagem, o motorista do automóvel Captur, que também portava a quantia de R$3.867,00 (três mil e oitocentos e sessenta e sete reais), chegou a quebrar o seu aparelho celular, possivelmente para ocultar informação de algum ilícito. A menor afirmou ser namorada do passageiro do outro veículo. 

Já no Fiesta, utilizado como “batedor”, foi localizado um aparelho de rádio amador, usado para repassar notícias sobre fiscalizações policiais e cerca de 145 gramas de maconha com o passageiro.

Além disso, o documento CLA (Certificado de Licenciamento Anual) do Captur apresentava visíveis sinais de falsificação e em consulta dos sinais identificadores do veículo, foi constatado registro de roubo ou furto no sistema, datado de 17/04/2020, e as placas verdadeiras são da cidade de Novo Hamburgo (RS).

Constatado os crimes de adulteração de sinal identificador de veículo automotor, uso documento falso, receptação, associação criminosa, portar drogas para consumo pessoal e corrupção de menores, os autores foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil de Amambai e o Conselho Tutelar foi acionado para as devidas providências em relação à adolescente.

A ação foi realizada durante a Operação Hórus, desencadeada pela Sejusp/MS e pela Secretaria Nacional de Operações Integradas (Seopi) do Ministério de Justiça e Segurança Pública.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE