Sanesul está executando R$ 24,2 milhões em obras de saneamento

A maior parte desse recurso está sendo aplicado na ampliação do Sistema de Abastecimento de Água-SAA; a cobertura de esgotamento também sendo ampliada com mais redes e ligações

| IMPRENSA


Atualmente, a Sanesul está executando R$ 24,2 milhões em obras de saneamento na cidade de Ponta Porã, para ampliação do fornecimento de água tratada e da coleta do esgoto doméstico.

A maior parte desse recurso está sendo aplicado no Sistema de Abastecimento de Água-SAA, como a perfuração de um poço tubular profundo PNP-037 (do Sistema Centro), com aproximadamente 600 metros de profundidade e uma previsão de vazão de 250 mil litros de água/hora, localizado ao lado do escritório de atendimento ao público da Sanesul na região Central.

As obras do poço garantem o abastecimento de água tratada de uma região populosa, são centenas de famílias beneficiadas da área Central, Santa Isabel, São João,  Vila Áurea, Vila Reno,  Maria Auxiliadora,  Aquidaban e Jardim Primor.

Também está sendo finalizada a construção de mais dois reservatórios apoiados de concreto armado com capacidade de reservação de 1 milhão de litros de água cada (no Sistema Marambaia e no Sistema Centro); dois abrigos de cloração (no Sistema Marambaia e no Sistema Centro); uma elevatória (no Sistema Centro), estação elevatória de água tratada e 2.463 metros de adutora para o centro de reservação Jardim Esperança (adutora é a tubulação que leva água da captação até os reservatórios).

Para que a água tratada chegue até a casa do morador, são necessárias as estruturas de redes e ligações subterrâneas. Por isso, a empresa está concluindo 22 km de rede de distribuição de água (primária) e 210 novas ligações domiciliares de água, atendendo os moradores dos bairros. 

Dentro deste pacote de obras em saneamento de água tratada, está a ativação de outro poço tubular profundo especial, o PNP-034 (do Sistema Marambaia). A ativação do sistema de captação do PNP-034 beneficia os bairros Marambaia, São Rafael, Julia Cardinal, Primavera, Mooca, Rodoviária, Jardim das Rosas e Andreazza. Ele possui a profundidade de aproximadamente 622 metros e uma vazão de 300 mil litros de água/hora.

 


FOTOS DE PONTA PORà

 


Sistema de Esgotamento Sanitário

Quanto ao Sistema de Esgotamento Sanitário-SES, a Senesul está investindo na ampliação na rede que irá impactar de forma positiva a cobertura do serviço na cidade. São 72.6 km metros de rede coletora de esgoto e mais 3.833 ligações domiciliares em execução.

Ponta Porã conta com duas Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs): a Estoril, localizada no bairro Jardim Estoril, com capacidade de tratar 80 litros por segundo; e a São Thomaz, localizada no Anel Viário, com capacidade de tratar 40 litros por segundo.

Lembrando que todo o esgoto coletado pelo sistema da Sanesul é devidamente tratado.

 


Cobertura de esgotamento da Sanesul em Ponta Porã

O sistema de abastecimento de água está disponível para toda a população urbana. Atualmente, o sistema de esgotamento sanitário tem cobertura de 85% da população urbana.

“Ponta Porã é uma cidade com bons índices de saneamento. Mas, para ampliar o acesso da população aos serviços de coleta e tratamento de esgoto, na área urbana do município, a Sanesul está intensificando as obras de implantação da rede em vários bairros. Vamos aumentar essa cobertura do esgoto. Em breve, o município será referência em Mato Grosso do Sul”, comentou o diretor –presidente da Sanesul Walter Carneiro Junior.

 


INVESTIMENTO EM SANEAMENTO

Considerando todas as obras concluídas, em execução e a executar, na atual gestão do Governo do Estado, a Sanesul investe R$ 78,9 milhões de reais em obras de saneamento em Ponta Porã, sendo que desse valor, R$ 53,1 milhões são da própria da empresa.

Isso significa mais água de qualidade com a perfuração de poços e a construção de reservatórios. E, com duas Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) e a expansão da rede coletora, mais saúde e qualidade de vida.

A Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) atende hoje 128 localidades com abastecimento de água tratada e tratamento de esgotamento sanitário, sendo 68 municípios e 60 distritos.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE