China: Volkswagen aumenta participação na JAC de 50% para 75%

| NOTICIAS AUTOMOTIVAS


Os rumores sobre uma expansão da Volkswagen no mercado de carros elétricos na China vão se materializando. Após a divulgação de que a montadora alemã está querendo metade da Anhui Jianghuai Holding Group, agora a empresa anuncia aumento de participação na JAC. Ela também se tornou a maior acionista do principal fornecedor de baterias da chinesa.

Não se trata ainda de uma expansão sobre o grupo controlador da JAC Motors, mas sobre a joint-venture que a VW mantém com essa na China. Como se sabe, o país asiático tinha uma política de limitação de participação estrangeira em empresas estabelecidas localmente.

Esse limite era de 50%, mas tudo mudou a partir de 2018, quando a BMW conseguiu ultrapassar essa marca com mais ações da Brilliance-BMW. Assim, a VW passará de 50% para 75% na JAC-Volkswagen, empresa criada pelas duas montadoras para produção de carros elétricos na China.

Isso permitirá que a VW introduza mais modelos elétricos e mais tecnologia na empresa, que atualmente só produz uma versão do JAC iEV40 para a marca alemã. Se espera que outros elétricos da JAC Motors sejam integrados ao negócio, mas a expectativa é mesmo por produtos com base na MEB.

O negócio está avaliado em € 900 milhões e dará à Volkswagen a chance de ampliar ainda mais a produção de carros elétricos na China, tendo mais autonomia para liderar os projetos.

Paralelamente, a empresa Gotion High-Tech, um fabrica de baterias para carros elétricos na China, agora tem a VW como principal acionista, com 26% de suas ações. A compra tem valor de € 1,1 bilhão e permitirá que a montadora alemã garanta para si uma produção volumosa de células de energia para seus carros com base na JAC-Volkswagen.

Também estabelecida em Hefei, onde fica a sede da JAC Motors, a Gotion é um importante fornecedor da marca chinesa e terá papel fundamental no avanço da alemã dentro do mercado, onde a pretensão da empresa de Wolfsburg é ter 1,5 milhão de veículos elétricos por ano a partir de 2025.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE