Policiais apreendem redes de pesca e anzóis de galho em rios de MS

| DOURADOSNEWS / DA REDAçãO


Se identificados, os responsáveis podem responder por crime ambiental - Crédito: Divulgação

Uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Coxim realizou fiscalização ambiental nos rios Taquari, Coxim e afluentes desde ontem à tarde e à noite e hoje (28) pela manhã e encontrou poucas pessoas praticando pesca, porém, apreendeu muitos petrechos ilegais de pesca.

A equipe retirou do rio e apreendeu três redes de pesca que estavam armadas no rio Taquari e 32 anzóis de galho que estavam armados nos dois rios foram cortados e retirados.

Apesar da quantidade de petrechos ilegais armados, as equipes não têm encontrado poucos pescadores nos rios, mesmo em fiscalizações noturnas, que é o horário que escolhem para armar e para retirar peixes capturados dos petrechos, pela proteção da escuridão e a facilidade de fuga.

Se identificados, os responsáveis responderão por crime ambiental de pesca predatória. A pena para este crime é de um a três anos de detenção. Há também previsão de multa administrativa de R$ 700 a R$ 100 mil.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE