DOF – 33 anos protegendo as fronteiras em Mato Grosso do Sul

| REDAçãO/GAZETA MS


Exemplo e modelo para todo o país, o Departamento de Operações de Fronteira – DOF, foi criado em 28 de maio de 1987 e teve como seu primeiro comandante o lendário Coronel Adib Massad, comemora hoje 33 anos de fundação, consolidado como força essencial no combate aos crimes na região de fronteira, principalmente roubo de carros, combate ao narcotráfico e ao contrabando de armas.
Só este ano o DOF já apreendeu cerca de 40 toneladas de maconha, mais de 170 quilos de cocaína, 592 quilos de skunk, mais de 600 mil pacotes de cigarro, já conduziu cerca de 210 pessoas par o sistema prisional, contabiliza a apreensão de 320 veículos diversos; recuperação de outros 57 com queixa de roubo/furto; 38 armas de fogo e 1.739 munições de vários calibres.
O DOF é fundamental para que seja possível desenvolver o enfrentamento à criminalidade pela SEJUSP/MS, com sua atuação na Fronteira, região que só consegue fazer esse trabalho quem tem conhecimento absoluto da região, sabendo onde estão os acessos vicinais e rotas alternativas utilizadas por traficantes e ladrões de automóveis.
Reconhecido nacionalmente por seus trabalhos a “Águia da Fronteira” serve ainda de modelo de polícia integrada e especializada em atuação na área de fronteira, o DOF ganha, a partir do dia 2 de junho, um novo diretor, o tenente-coronel Wagner Ferreira da Silva,
O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE