PF cumpre 11 mandados em Dourados contra esquema de tráfico internacional de drogas

| DOURADOSNEWS / ADRIANO MORETTO E OSVALDO DUARTE


Polícia Federal cumpre mandados de prisão e busca e apreensão em Dourados - Crédito: Osvaldo Duarte/Dourados News

Policiais federais estão nas ruas de Dourados na manhã desta terça-feira (7/12) para cumprimento de dois mandados de prisão preventiva e nove de busca e apreensão dentro da Operação Geminus. A ação visa desarticular organização criminosa dedicada ao transporte de cocaína do Mato Grosso do Sul para o Rio Grande do Sul.

Na maior e mais populosa cidade do interior sul-mato-grossense, o Dourados News apurou que equipes estão num escritório de contabilidade localizado na rua João Rosa Góes e numa casa na rua Suíça, Jardim Europa. 

O esquema é comandado por núcleo familiar instalado nos municípios de Deodápolis e Viamão (RS). Conforme a PF, ele utilizava o agronegócio e outras atividades econômicas formais como fachada para ocultar os valores obtidos com o tráfico internacional de drogas. 

Durante as investigações, iniciadas em agosto de 2019, a Polícia Federal apurou que a organização criminosa movimentou 5 toneladas de cocaína em um ano.

Ao todo, são cumpridos11 mandados de prisão preventiva e 29 de busca e apreensão nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul. 

Também são executadas ordens judiciais para o sequestro de 52 imóveis e de 70 veículos, entre automóveis, jet skis, caminhões, carretas e tratores, e o bloqueio de valores em contas bancárias de 33 pessoas físicas e jurídicas envolvidas. Os bens a serem sequestrados estão estimados em R$ 50 milhões.

O nome da operação, Geminus, ocorre em razão de dois integrantes do alto escalão da organização investigada são irmãos gêmeos idênticos. Um deles gerencia os negócios ilícitos no Rio Grande do Sul e o outro no Mato Grosso do Sul.

Os crimes investigados são tráfico internacional de drogas, organização criminosa e lavagem de dinheiro.  



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE