Paulo Duarte toma posse como deputado estadual na ALEMS

| FERNANDA KINTSCHNER, AGêNCIA ALEMS


Paulo Duarte foi eleito deputado estadual por duas vezes e retorna à ALEMS pela primeira suplência do MDB - Foto: Wagner Guimarães

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) realizou nesta sexta-feira (3) a cerimônia de posse do deputado Paulo Duarte (MDB), que retorna à Casa de Leis pela terceira vez. Como primeiro suplente do partido Movimento Democrático Brasileiro, ele ocupará a vaga deixada pelo deputado licenciado Eduardo Rocha (MDB), que assume o cargo de secretário de Governo e Gestão Estratégica.

Entre as vertentes de atuação parlamentar, Paulo Duarte declarou à Comunicação Institucional da ALEMS que continuará o trabalho em prol da questão ambiental. “Eu sou da região do Pantanal, área que está sofrendo com a seca, também consequência dos aspectos da degradação das nascentes. Vou atuar pelo meio ambiente que vai muito com a minha origem, mas também sou muito técnico. Sou economista por formação, então o debate da questão tributária, as recentes votações do IPVA e outros mecanismos de geração de emprego e renda também estarão na minha pauta”, explicou o deputado.

O parlamentar ainda citou a área da Saúde como foco. “Milhares de vidas foram perdidas no estado e no Brasil, essa Casa foi um exemplo com a perda de dois deputados, Onevan de Matos e Cabo Almi. Então essa tragédia, que é a pandemia, vai ser tratada com seriedade. Além disso, vou continuar debatendo no plenário, fiscalizando e propondo leis, articulando com outros segmentos, enfim, vou ter que fazer quatro anos de mandato em apenas um ano e vou me virar para que isso aconteça”, destacou Duarte.

Na tribuna, o parlamentar disse que o sentimento é de gratidão e satisfação em voltar. “Chego mais experiente. Saí pai, voltei avô”, brincou Duarte disse que é bom retornar ao Parlamento, lugar em que protagonizou inúmeros debates, quando esteve no partido de oposição. “Somos de uma época em que debate não significava ser inimigo, como é hoje em dia, infelizmente. Aqui aprendi muito e manterei sempre a relação de respeito com todos”, ponderou.

O presidente da ALEMS, deputado Paulo Corrêa (PSDB) deu posse ao novo deputado em cerimônia no Plenário Júlio Maia. “Vossa excelência tem o respeito dessa Casa e digo que vamos trabalhar juntos. Desejo toda a sorte. Vai tocar seu mandato com maestria, porque sei que você é muito competente. Conte conosco e a estrutura da Casa de Leis está à sua disposição”, ressaltou. Igualmente, o primeiro secretário da ALEMS, deputado Zé Teixeira (DEM), deu boas-vindas. “Seja bem-vindo meu amigo, sempre tivemos uma relação fantástica de consideração. Pessoa aguerrida, boa sorte nesse período”, desejou.

Na cerimônia estavam presentes inúmeras autoridades, senadores, deputados federais, estaduais, prefeitos e vereadores. Dentre eles, o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), que também usou a tribuna. “Fui deputado aqui nesta Casa em 2006, com mandato junto com o Paulo Duarte e posso dizer que ele é um homem de caráter, íntegro. Fomos de partidos opositores, tivemos inúmeros debates, mas nunca de cunha pessoal como ele bem lembrou, sempre em prol da sociedade. Sei que ele será alguém que vem para contribuir com as políticas públicas. Chega na hora em que estamos enviando inúmeros projetos para o benefício da população”, disse o governador.

Da mesma maneira, Eduardo Rocha desejou um bom mandato. “Aqui na Assembleia somos grandes amigos e acima de tudo trabalhamos todos em prol do Estado. Quero desejar muita sorte, que você trilhe um bom caminho para ajudar o povo sul-mato-grossense”, discursou Rocha, que tomará posse ao novo cargo em cerimônia ainda na manhã desta sexta-feira, na Governadoria.

Conheça o deputado

Paulo Roberto Duarte é graduado em Economia e pós-graduado em Gestão Pública. Ingressou no serviço público em 1985 como agente tributário estadual e tempos depois foi aprovado em concurso público para fiscal de renda do Estado. Iniciou na vida pública em 1999 no posto de superintendente de Fiscalização Tributária e em seguida ocupou os cargos de secretário de Fazenda, chefe da Casa Civil e secretário de Habitação e Infraestrutura do governo. 

Em 2006 foi eleito deputado estadual pela primeira vez. Em 2010 foi reeleito para o cargo na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Em 2012 foi eleito prefeito de Corumbá, cidade onde nasceu. Em 2018, nas últimas eleições ao Legislativo Estadual obteve 17.343 votos, se tornando primeiro suplente do MDB, partido em que está filiado atualmente.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE