Mês da saúde do homem: cuidado não tem gênero, idade, vergonha ou restrição

“Cuidar da saúde é um cuidar contínuo e não esporádico”, diz urologista

| ASSESSORIA


“Novembro chega chamando a atenção dos homens para que eles deixem o preconceito, a vergonha e vão consultar-se com um urologista de sua confiança para que o diagnóstico precoce seja feito”. A fala de Dr. Fábio Galvão Vidal, urologista da Unimed Campo Grande, é um alerta para este mês que é voltado à conscientização com a saúde do homem e de um problema que aflige sua saúde, o câncer de próstata. 

O médico ainda lembra que o cuidado não é importante apenas por conta do câncer de próstata, doença que mais afeta o homem a partir dos 40 a 45 anos, mas também de outras doenças. “Por isso a necessidade do homem sempre fazer um check up, exames de rotina, um bate-papo com seu médico para esclarecer eventuais dúvidas e, desta forma, cuidar também de seu bem-estar”, completa.  

O que é o câncer de próstata? 

O câncer de próstata é uma doença que atinge milhares de homens todos os anos e que por muito tempo foi negligenciada pelo preconceito, pela vergonha, pelos estigmas de procurar um urologista e que hoje, em pleno século XXI, o homem cada dia mais vem vencendo essa barreira e quebrando tabus, procurando assim, cuidar de sua saúde, além de se conhecer melhor.  

Essa é maligna e a que mais afeta o homem, depois do câncer de pele não melanoma, ou seja, por isso a real importância do mês de novembro.  

Vale lembrar que esta doença, como a maioria das doenças malignas, no início não dão nenhum, ou poucos sintomas, e quando esses sintomas surgem infelizmente, na maioria dos casos, podemos estar diante de uma doença avançada, onde o médico por vezes tem pouco a se fazer diante desse paciente.  

Fatores de risco 

Por isso, segundo Dr. Fábio, é importante também atentar-se aos seguintes fatores de risco:  

- pele negra 

- histórico familiar de câncer de próstata 

- ou quem já tenha 45 anos  

Principais sinais e sintomas 

No começo não há sintomas, no entanto, quando os sintomas aparecem são: 

- urinar sangue 

- urinar várias vezes ao dia 

- ter dificuldade para urinar 

Dica do médico 

Além disso, para finalizar, o médico deixa um recado para todos os homens. “A dica que gostaria de deixar para todos os homens é:”  

- práticas de vida saudável devem ocorrer durante os 12 meses do ano 

- façam atividades físicas regulares (pelo menos 30 minutos, de 3 a 4 vezes por semana) 

- evitem excessos alimentares e tenham uma dieta balanceada rica em frutas e verduras 

- evite excesso de bebidas alcoólicas 

- pare de fumar ou evite o tabagismo (além do uso de cigarros eletrônicos, narguilés e afins) 

- evite drogas lícitas e ilícitas 

- procure seu urologista de confiança  

“Nunca é tarde para começar. Novembro é um mês para chamar a atenção do homem, mas não é o único momento em que devemos fazer isto. Os cuidados devem ser mantidos durante todo o ano”, acrescenta Dr. Fábio.  



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE