Polícia Civil prende em flagrante empresário que atropelou adolescente em Costa Rica

| PC/MS / [email protected]


A Polícia Civil prendeu nessa quarta, 27/10, um empresário de 36 anos, por homicídio doloso qualificado tentado. Ele é acusado de ter atropelado ontem, 26/10, uma adolescente de 14 anos, em Costa Rica.

Conforme o apurado pela delegacia de Costa Rica, por volta das 18h25min de ontem, G. M. M., após ter ingerido bebida alcoólica, atropelou a jovem que estava transitando pela Avenida José Ferreira da Costa, em uma bicicleta. O autor teria ficado bebendo no Auto Posto Taurus, das 16h até as 17h54 e posteriormente pegou sua caminhonete Hilux, de cor prata e começou a dirigir em velocidade incompatível com a da avenida e em determinado cruzamento, não respeitou a sinalização, avançou o sinal vermelho e atropelou a jovem R.A.P., que, em razão do impacto, foi arremessada a vários metros à frente.

Em seguida o autor fugiu, sem prestar o devido socorro à vítima, que teve que ser transferida para Campo Grande-MS, em estado gravíssimo, com fraturas, lesões e perfuração de órgãos, conforme laudo médico.

Após ser comunicada sobre o atropelamento, a Polícia Civil iniciou um trabalho de investigação e hoje, por volta das 10 horas, uma equipe da Seção de Investigações Gerais (SIG), da delegacia de Costa Rica conseguiu identificar o autor e apreender a caminhonete utilizada no crime.

O autor, que é dono de uma oficina mecânica, na cidade e ao ser abordado pelos policiais, confessou o atropelamento. A caminhonete estava na casa dele, com o para-choque e farol dianteiros quebrados, em razão da colisão.

A caminhonete passou por perícia e foi constatado pela perícia criminal, que além dos danos provenientes da batida, foi feita uma “chipagem', para dar mais potência e velocidade ao veículo.

Diante disso, foi dada voz de prisão em flagrante e G.M.M. foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Costa Rica, onde foi autuado por homicídio doloso qualificado tentado e omissão de socorro.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE