Projeção: Chevrolet Impala com visual radical - Poderia ser elétrico?

| NOTICIAS AUTOMOTIVAS


O Chevrolet Impala é um sedã de longa data no mercado americano que, infelizmente, teve sua aposentadoria decretada nos EUA, visto que a General Motors segue o mesmo caminho da Ford, eliminando segmentos tradicionais em prol de SUVs e crossovers.

Nessa nova ordem mundial imposta pelos SUVs, poderia o finado Chevrolet Impala voltar como um carro atraente para o público norte-americano? Pelo visto, a única maneira dele ressuscitar no mercado americano seria mudar completamente sua proposta de motorização.

Já tendo usado em seu passado um imenso Big Block 454 V8 de 7.4 litros, o Chevrolet Impala do futuro teria um visual mais agressivo e uma propulsão 100% elétrica. A projeção de Brandon L. DeJean para o site GM Authority, mostra essa proposta de um sedã mais jovem.

Apesar da frente com grade e visual no melhor estilo Camaro SS, o Impala 2022 poderia ser totalmente elétrico, utilizando essas grades falsas para não perder a identidade de um carro tradicional.

Com a GM desenvolvendo uma plataforma elétrica e baterias de “milhão de milhas” de durabilidade e alta densidade, o Impala poderia aproveitar-se disso para partir para cima do Tesla Model S.

Porte para isso ele tinha, talvez até um pouco menor que a última geração, que deixou a linha de montagem em 27 de fevereiro desse ano. Um motor elétrico montado na traseira, faria do Impala EV um carro bem legal de dirigir, ainda mais se houve uma opção livre de controle de tração.

Numa proposta mais esportiva, como essa SS da projeção, o futuro Impala poderia dispor de um segundo motor elétrico e um conjunto bem potente, provavelmente com dois propulsores do Bolt, entregando assim mais de 400 cavalos.

Isso daria para o sedã elétrico fazer de 0 a 100 km/h em menos de 5 segundos, mas com uma versão ainda mais poderosa, poderia baixar para 3 segundos ou até menos. O que você acha? Ainda existe espaço para sedã, mesmo elétrico, nos EUA?

[Projeção: Brandon L. DeJean/GM Authority]



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE