Entidades do Comitê de Defesa Popular participam de mobilização contra PEC 32 em Brasília

Seguindo convocação de entidades nacionais, militantes de Dourados foram enviados à Brasília para fortalecer a luta contra a PEC 32

| ASSESSORIA


Caravana de Dourados
Uma delegação de militantes foi organizada e partiu para a Brasília no início desta semana para participar da agenda unificada de atividades para pressionar parlamentares no Congresso Nacional. Compuseram a organização da caravana, além do SINTEF, o SINAFESE MS, a ADUFDourados, o SIMTED, o ANDES-SN, a ADUEMS e o Movimento Estudantil da UEMS e da UFGD.

Agenda em Brasília
A agenda de atividades foi extensa durante a semana. Na segunda (18) e na terça (19), durante a manhã, várias entidades estiveram no Aeroporto de Brasília para recepcionar os deputados federais que chegavam de seus estados. Na terça-feira, durante a tarde, aconteceu ato unificado no Anexo II da Câmara dos Deputados.

Na quarta-feira (20), houve manifestação com início no espaço do Servidor e ato simbólico em frente ao Palácio do Planalto com foco na denúncia dos crimes de responsabilidade do Presidente Jair Bolsonaro durante a pandemia. O ato, que ocorreu concomitante a leitura do relatório na CPI da Pandemia, relembrou os mais 600 mil brasileiros mortos pela COVID-19 no Brasil.

Durante toda a semana, assim como na quinta-feira (21) foram realizadas visitas a gabinetes de parlamentares por parte de representantes das entidades sindicais que buscaram dialogar e pressionar tanto os deputados, quanto os senadores, sobre a Reforma Administrativa.

Cenário
O Presidente da Câmara, Deputado Arthur Lira (PP-AL), não pautou a PEC 32 na agenda da Câmara nesta semana, mas parece seguir com a intenção de levar a proposta para votação, embora a proximidade do fim do ano legislativo e o início de um ano eleitoral desfavoreçam o governo, as entidades não podem subestimar as intenções do governo e do centrão de votar a proposta ainda no mês de outubro.

O trabalho de pressão, intensificado nas últimas 5 semanas, tanto em Brasília, quanto nas bases eleitorais e nas redes sociais dos parlamentares tem surtido efeito e cresce a resistência contra a Reforma. Muitos parlamentares que até então estavam indecisos quanto à matéria, tem se posicionado após sofrerem pressões e questionamentos.

Segundo dados do Observatório da Frente Parlamentar Mista do Serviço Público, no momento, 239 Deputados Federais são favoráveis à PEC 32, 220 contrários e 54 indecisos. Para ser aprovada no plenário da Câmara são necessários 308 votos favoráveis.

Dia do Servidor Público
As entidades já estão convocando para mais uma Jornada de Lutas em. Caravanas e atos já começam a ser organizados desde agora para uma grande mobilização em Brasília e nos estados no dia 28 de outubro, Dia do Servidor Público.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE