Liandra sugere implantação de câmeras de segurança em locais públicos

| CâMARA DOURADOS / ASSESSORIA


Liandra propõe central de monitoramento eletrônico em pontos estratégicos de Dourados Foto: Valdenir Rodrigues

A vereadora Liandra da Saúde (PTB) encaminhou indicação na Câmara de Dourados, solicitando a implantação de uma central de monitoramento eletrônico visando a segurança dos locais públicos do município, como em praças, parques, cemitérios, escolas, creches, postos de saúde entre outros locais onde não existem vigias.

Segundo propõe a vereadora, a instalação de câmeras de segurança em pontos de estratégicos da cidade poderá inibir a ação de vândalos contra o patrimônio público, além de auxiliar a Guarda Municipal no monitoramento, principalmente em parques públicos onde ocorrem maiores registros de vandalismo. “A ação da Guarda Municipal e dos vigilantes patrimoniais em nosso município são de suma importância e desempenham satisfatoriamente este papel de zelar pela população e pelo patrimônio, porém, ocorre que nem sempre podem estar em todo lugar, pois existem outras prioridades de igual ou maior importância, além de não existir um número suficiente de profissionais para suprir toda a demanda”, considera Liandra.

O documento exemplifica outros municípios que adotaram este sistema de monitoramento, como a Prefeitura Alvorada, no Rio Grande do Sul e de Aparecida de Goiás, onde uma das principais ferramentas do Projeto Cidade Inteligente, foi a instalação de duas centrais de videomonitoramento, que monitoram 650 pontos da cidade com câmeras com sistema “Olhos de Águia” e Data Center próprio com capacidade de armazenamento de 7.600 terabytes. “O sofisticado sistema é capaz de identificar, através de inteligência artificial até placas de veículos furtados ou roubados e também foragidos da Justiça, possibilitando ação imediata das autoridades”, justifica.

A indicação foi encaminhada ao prefeito Alan Guedes (PP), com cópias aos secretários municipais, Romualdo Diniz (Planejamento) e Henrique Sartori (Governo).



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE