Em evento da Amcham, Longen destaca aproximação entre setor público e privado para desenvolvimento de MS

| ASSESSORIA/FIEMS


Foto: Divulgação

 
É preciso que a inciativa privada esteja próxima do poder público para apresentar demandas e pressionar por debates que contribuam com o desenvolvimento do País e beneficiem a sociedade. A afirmação foi feita pelo presidente da FIEMS, Sérgio Longen, durante o “Avança Centro-Oeste”, evento realizado nesta quarta-feira, dia 20, de forma online, pela Amcham (Câmara Americana de Comércio) Centro-Oeste.

Em um talk-show com outros líderes empresariais da Região Centro-Oeste, Longen fez um balanço das ações desenvolvidas pela Federação das Indústrias em parceria com o Governo do Estado para que Mato Grosso do Sul pudesse superar a crise econômica decorrente da pandemia do coronavírus e ressaltou o apoio da iniciativa privada para conter o coronavírus, bem como agilizar o processo de vacinação.

Ainda conforme Sérgio Longen, os bons resultados são a prova da importância de poder público e iniciativa privada andarem juntos. “Mato Grosso do Sul conseguiu crescer e o setor industrial do Estado gerou empregos. Houve diversos projetos para garantir a renda de trabalhadores do setor de eventos e turismo, por exemplo, que só agora estão conseguindo voltar a trabalhar”.

Para o presidente da FIEMS, essa aproximação do empresariado com governantes e parlamentares é fundamental para fazer a diferença. “Nós sempre tivemos um bom relacionamento aqui em Mato Grosso do Sul, mas acredito que isso precisa ser em todo o País. Quem faz as leis, debate e discute na maioria das vezes não conhece nada da nossa realidade e vai decidir por nós. Então precisamos criar essa ponte para pautar as discussões e apresentar nossas demandas”. 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE