Cinco chefes de cozinha brasileiros estão entre os melhores do mundo

| VICTOR MACIEL, ASSESSORIA DE COMUNICAçãO DO MTUR


Foto: Divulgação

Cinco chefes de cozinha brasileiros figuram entre os 100 melhores do mundo. Foi o que trouxe a edição de 2021 do prêmio internacional “The Best Chef Awards”, organizado pela plataforma gastronômica The Best Chef e divulgado no último dia 15 de setembro, em Amsterdam, na Holanda. Com a eleição, os gastrônomos Alex Atala, Manu Buffara, Helena Rizzo, Jefferson Rueda e Rafa Costa e Silva entraram nesta seleta lista.

Para o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, a eleição destes chefes só confirma o potencial gastronômico do Brasil e como isso pode contribuir na retomada das atividades econômicas no setor. “Nossa gastronomia é bem reconhecida pelos turistas estrangeiros. Oito em cada 10 aprovaram a culinária brasileira em 2019. E isso é motivo de alegria, pois além de todas as belezas naturais e culturais do Brasil, ainda temos como mola propulsora da nossa retomada este potencial gastronômico espalhado por todas as regiões brasileira”. Destacou.

Mais bem colocado entre os brasileiros, o Chef Alex Atala iniciou o seu contato com a culinária ainda aos 19 anos, na França. No Brasil, utilizou os ingredientes e a cultura alimentar nacional para encantar quem prova seus pratos. Além de ser reconhecido nacionalmente, Atala participa de diversos eventos internacionais e ministra aulas em diversos países como Itália, Bélgica, França e Espanha.

Outra que ficou bem colocada no ranking foi a chef paranaense Manu Buffara. A profissional ainda levou o título de “Melhor Chef Fol-LOVERS Award”, que valoriza a opinião do público do site “The Best Chef” nas redes sociais. Buffara coleciona diversos prêmios nacionais e já trabalhou nos Estados Unidos, Itália e Dinamarca.

A lista ainda traz a gaúcha Helena Rizzo, jurada de um dos principais programas de gastronomia do país; o paulista Jefferson Rueda, que tem trabalhado na transformação de hábitos e costumes da alimentação popular no Brasil; e o carioca Rafa Costa e Silva, considerado um dos maiores chefes de sua geração e sendo reconhecido pela utilização de ingredientes orgânicos e frescos.

O PRÊMIO – Criado em 2017, o “The Best Chef Awards” é um prêmio que busca destacar chefes de todo o mundo a partir da abordagem para a comida e o que a faz se destacar entre as demais. Os selecionados são escolhidos a partir de uma lista com 200 indicados, sendo 100 “caras novas”, indicados através de um grupo de 100 profissionais anônimos que através de suas viagens vasculham o mundo e descobrem talentos. Os profissionais incluem jornalistas de comida, críticos, blogueiros, fotógrafos e outras pessoas notáveis com amplo conhecimento. Todos eles são especialistas dentro da indústria e suas escolhas para cada um dos novos nomes vem com uma explicação sobre porque eles os recomendam.

TURISMO GASTRONÔMICO - Dados da Organização Mundial do Turismo (OMT) apontam que a gastronomia é o terceiro maior impulsionador de viagens no mundo. No Brasil, a gastronomia movimenta cerca de R$ 250 bilhões por ano, segundo cálculos da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), e é um dos itens mais bem avaliados por estrangeiros em visita ao Brasil. Oito em cada 10 turistas internacionais aprovaram a gastronomia brasileira em 2019, segundo estudo realizado pelo Ministério do Turismo com visitantes internacionais (Demanda Turística Internacional).



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE