Red Bull Bragantino vence Libertad e abre vantagem na semi da Sul-Americana

| : VINICIOS OLIVEIRA/RED BULL BRAGANTINO


Ari Ferreira/Red Bull Bragantino

O Red Bull Bragantino conquistou uma grande vitória na noite desta quarta-feira (22). No Nabizão, o Massa Bruta venceu o Libertad (PAR) por 2 a 0 pelo primeiro jogo da semifinal da Copa Sul-Americana. Ytalo e Artur marcaram os gols da partida. 

Com este resultado, o Braga pode empatar ou até perder o duelo de volta por 1 gol de diferença que avança para a inédita final da competição. A segunda e decisiva partida será realizada na próxima quarta-feira (29), no Estádio Defensores de Chaco, em Assunção (PAR).

Esta primeira partida contou com a participação da torcida bragantina no Estádio Nabo Abi Chedid. Com autorização da Conmebol e da Prefeitura de Bragança Paulista, o público presente foi de 1203 torcedores.

O jogo

A equipe comandada por Maurício Barbieri procurava espaços na zaga paraguaia desde os minutos iniciais, mas a primeira finalização surgiu aos 22 minutos. Aderlan arriscou um forte chute de fora da área e a tentativa foi para fora próxima ao travessão.

Aos 27, após receber de Ytalo, Artur cortou o marcador e bateu forte, da ponta da grande área, exigindo uma boa defesa do goleiro Martín Silva. No minuto seguinte, pela esquerda, Artur driblou dois defensores e cruzou na pequena área para Ytalo, que surgiu atrás da zaga para cabecear para o fundo do gol e abrir o placar em Bragança Paulista. 

Na segunda etapa, o Braga voltou ainda mais intenso e ampliou sua vantagem logo aos 4 minutos. Após receber de Praxedes, Artur arriscou dentro da área e a bola foi desviada pela mão do lateral Vangioni. Na cobrança do pênalti, o camisa 7 soltou uma pancada no alto e não deu chances de defesa para Martín Silva.

Aos 25 minutos, Artur arriscou cobrança de falta direta ao gol pelo lado esquerdo. A batida cruzou a pequena área e saiu pela linha de fundo. Quatro minutos depois, Artur recebeu de Gabriel Novaes e cruzou para Ytalo. O atacante se jogou na bola e conseguiu o desvio, mas o goleiro Martín Silva salvou os visitantes. 

Apesar da vantagem, o Massa Bruta não se acomodou e chegou a marcar o que seria o seu terceiro gol com Luan Cândido, nos acréscimos. Mas arbitragem anulou a jogada com ajuda do árbitro de vídeo por conta do desvio da bola no juiz Facundo Tello e a partida terminou com vitória do Red Bull Bragantino por 2 a 0.

 

Red Bull Bragantino 2 x 0 LIbertad
Local: Estádio Nabib Abi Chedid;
Público: 1203 pessoas;
Árbitro: Facundo Tello (ARG);
Assistentes: Ezequiel Brailovsky (ARG) e Maximiliano del Yesso (ARG);
Cartões amarelos: Barboza e Espinoza (LIB); Ytalo (Red Bull Bragantino);
Gols: Ytalo, aos 28min do 1ºT, Artur, aos 4min do 2ºT (Red Bull Bragantino).

Red Bull Bragantino: Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Léo Ortiz e Edimar; Jadsom, Eric Ramires e Praxedes (Gabriel Novaes); Artur (Luan Cândido), Ytalo (Lucas Evangelista) e Cuello (Helinho). Técnico: Maurício Barbieri.

Libertad: Martín Silva; Bocanegra, Diego Vieira, Barboza e Vangioni (Enciso); Ramón Martínez (Bogarín), Hugo Martínez, Mayada, Villalba (Franco) e Espinoza; Sebastián Ferreira (Óscar Cardozo). Técnico: Daniel Garnero. 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE