Profissionais de segurança pública concluem 2º curso de pilotos de drones, oferecido pela Polícia Civil

| PC/MS / [email protected]


A Polícia Civil de Mato Grosso do Sul habilitou mais 37 servidores da Segurança Pública do Estado, para pilotar aeronaves não tripuladas. O 2º curso de qualificação e formação de pilotos de drones teve carga horária de 40 horas e encerrou nesta sexta-feira, 17/09, com 100% de aproveitamento.

A capacitação, composta de aulas teóricas, práticas e avaliações, aconteceu na Academia de Polícia Civil Delegado Júlio Cesar da Fonte Nogueira (Acadepol) e contou com a participação profissionais da Polícia Civil, Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e Guarda Civil Metropolitana de Campo Grande.

O treinamento foi ministrado pelos delegados Enilton Zalla e Matheus Zampieri, com apoio de um quadro de instrutores da Polícia Civil. De acordo com o delegado Enilton Zalla, o objetivo é fortalecer a cultura do uso de drones na Segurança Pública, para que os servidores possam pilotar e operar aeronaves não tripuladas, com conhecimento técnico, conforme a legislação.

De acordo com o delegado-geral da Polícia Civil, Adriano Garcia Geraldo, é uma satisfação para a instituição poder proporcionar este tipo de qualificação não só para os policiais civis, como para os demais integrantes das forças de segurança. “Com os drones, os profissionais de segurança poderão trabalhar tanto na prevenção, como na repressão de crimes e quanto mais profissionais habilitados, melhor', reforçou.

Para os participantes, esta foi uma oportunidade ímpar de aprimoramento profissional. A partir de agora eles vão poder agregar o uso de drones em suas atividades laborais.

O 2º Sgt Vinícius, que está há 18 anos na Polícia Militar, achou o curso excelente e disse que esta nova ferramenta de trabalho irá auxiliar e muito na sua rotina. “Começando pela equipe que foi de alto nível. Ótima didática. Ambiente super agradável. Só tenho a agradecer aos organizadores e a Polícia Civil por esta oportunidade que irá nos ajudar e muito no desenvolvimento do trabalho policial', reforçou.

Já para o GCM Guterrez, a utilização de drones será de grande valia para a Guarda Civil Metropolitana de Campo Grande. “Agradeço aos instrutores e a Polícia Civil por contribuírem com o nosso crescimento profissional', comentou.

Além de aprenderem sobre a história e funcionamento de um drone, os novos pilotos obtiveram conhecimento sobre legislação e regulamentação, noções de aerodinâmica e teoria de voo, meteorologia, segurança de voo, localização por satélites, procedimentos, manobras e treinamentos de voo de drones, fotografia e utilização das aeronaves não tripuladas nas atividades de segurança pública.

De acordo com o diretor da Acadepol, delegado Roberto Gurgel de Oliveira Filho, a terceira edição do curso será realizada em outubro deste ano. “Para nós é uma alegria poder proporcionar este conhecimento aos operadores de segurança, por isso já estamos com uma nova turma formada para iniciar em outubro', comentou.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE