Brasil vence o Chile por1 a 0 e segue 100% nas Eliminatórias para a Copa

| DA REDAçãO


Everton Ribeiro comemorou o gol da vitória do Brasil contra o Chile- Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A Seleção Brasileira vence o Chile, na noite desta quinta-feira, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022, pelo placar de 1 a 0, gol de Everton Ribeiro, aos 18 minutos da segunda etapa, no Estádio Monumental de Santiago.

Com 100% de aproveitamento até aqui nas Eliminatórias (sete vitórias em sete jogos), o Brasil terá mais dois compromissos nesta Data FIFA de setembro. A Seleção ainda enfrenta Argentina e Peru nesta janela de jogos.

O jogo desta quinta-feira foi o primeiro da Seleção Brasileira desde a disputa da Copa América de 2021. Na competição, em que o Brasil acabou com o vice-campeonato, a Amarelinha enfrentou o Chile pelas quartas de final, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. Em jogo muito equilibrado, a Seleção Brasileira venceu por 1 a 0, com gol de Lucas Paquetá.

O jogo

O Chile jogou melhor que o Brasil durante a primeira etapa e só não saiu à frente do marcado devido à atuação do goleirto Weverton, que fez grandes defesas.

Ainda na primeira etapa, o Chile teve um gol anulado, por impedimento de Morales. O Brasil até que tentou algumas jogadas de contra-ataques, mas não obteve êxito.

Na segunda etapa, o Brasil continuou sendo pressionado pelo Chile. No entanto, aos 18 minutos Everton Ribeiro marcou o único gol da partida, aproveitando um rebote do goleiro Bravo.

Com o resultado, o Brasil segue com 100% de aproveitamento e vai aos 21 pontos e segue líder das eliminatórias. Já o Chile está na 7ª colocação, com 6 pontos conquistados, fora da zona de classificação para a Copa do Mundo.

Argentina vence

Na outra partida pelas Eliminatórias, a Argentina teve tranquilidade e venceu a Venezuela por 3 a 1. Fora de casa, os atuais campeões da Copa América jogaram com um a mais durante cerca de uma hora e mantiveram a vice-liderança da competição.

Lautaro Martínez, Joaquin Correa e Ángel Correa abriram vantagem, e Soteldo descontou no fim.

A seleção argentina segue na cola do Brasil, próximo adversário, e fica com 15 pontos na segunda posição. A Venezuela, que no domingo visita o Paraguai, segue com apenas quatro pontos ganhos.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE