Leia Coluna do Jonas desta quarta, 18

| REDAçãO


Jonas Alves da Silva (Silva Junior) - Divulgação

Quarta-freira, 18 de Agosto 2021 - Dia de Santa Helena. Dia Nacional do Campo Limpo. Dia do Estagiário. Dia Mundial da Libertação Humana.

Pensamento: "As vezes a vida te dá pessoas especiais. As vezes pessoas especiais te dão vida."

Musica: Heart of gold - Neil Young – Indicação Mateus Gnuztman

Niver: Sidney Alves, Luiz Carlos Estigarribia, Edmara Severgnini da Cruz, Palestrante Rodolfo Cardoso, Juscelino Ramalho, Dario Soares Barbosa, Donizete Henrik, Fabio Trad - Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios. Salmos 90:12

PSL

Está sob a responsabilidade do empresário Mauro Thronicke Rodrigues, o Maurinho, a organização do Partido Social Liberal, PSL, em vários municípios que integram a região da Grande Dourados. E ele vem mexendo os pauzinhos a todo vapor e pinçando nomes para compor os quadros do partido para eleições que se avizinham, em 2022.

Soraya

A senadora douradense Soraya Thronicke projeta expandir o “17” em todos os quadrantes do estado. Para isso repartiu as regiões com vistas a obter resultados positivos. O primo Maurinho tem a incumbência cooptar lideranças emergentes para fortalecer a sigla e ganhar  confiança do eleitorado que anda em baixa (e bota baixa nisso). Nos últimos dias Maurinho Thronicke tem se esmerado em ligações telefônicas, e-mails e ainda marcado presença física nas praças que ficaram sob seus cuidados.

Positivismo

Maurinho demonstra estar contente com os resultados apresentados. Em Dourados, por exemplo, o moço tem falado ao pé do ouvido com nomes populares apresentando um projeto exequível e organizado. Segundo Maurinho, o PSL tem escritório central na Avenida Hayel Bon Faker entre as ruas Antônio Emilio de Figueiredo e Onofre Pereira de Matos ,em frente a antiga Madeiral. E pra falar com  ele, é fácil: (67) 99200-0141 – linha  direta com o PSL.

Tempos doidos

O Brasil vive tempos malucos em todos os setores do nosso dia a dia, como na economia, na saúde e, principalmente, na política.

Os preços dos combustíveis e dos alimentos (carne bovina está virando luxo), por exemplo, são assustadores, prejudicando, acima de tudo, as camadas mais pobres da população.

Inflação

Projeções dos analistas do mercado financeiro para a inflação em 2021, não são nada animadoras. Devem ultrapassar a barreira dos 7%.

O PIB não deverá corresponder às expectativas e as taxas de juros vão subir muito para azar de todos os consumidores brasileiros.

“Bola da vez”

Depois de ver enterrada pela Câmara dos Deputados a proposta do voto impresso, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), agora ataca de impeachment dos ministros do STF, Luís Roberto Barroso e Alexandre Moraes.

O pedido de impeachment deverá ser encaminhado ao Senado nesta quarta-feira. Certamente, não deverá dar em dar. Aí, Bolsonaro, com certeza, vai buscar um outro fato para ser “a bola da vez”, com o objetivo, logicamente, de desviar o foco do trabalho da CPI da Pandemia e da atuação do STF contra a milícia virtual.

Ação em prol de todos

Na verdade, o nosso País não precisa de regime comunista e nem de regime facista.

O Brasil, precisa, sim, de um governo que olhe para todos com os mesmos objetivos de uma Nação forte, independente e democrática. Todos têm que ser filhos da Pátria. Isso, independentemente de cores partidárias ou ideologias políticas que, aliás, não levam à nada. A não ser à crise, como ocorre agora. Só não vê, quem não quer.

Lupi em MS

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, deverá visitar Campo Grande no final deste mês, quando o Diretório Estadual do partido realizará um encontro nos dias 26 e 27,

A agenda oficial ainda está sendo organizada pela direção da legenda brizolista.

Troca partidária

O deputado estadual Lucas de Lima declarou ao Jornal Midiamax, que deverá deixar o Solidariedade e disputar um novo mandato, em 2022, por um novo partido.

Ele disse que teve conversas com representantes do Republicanos, PDT, PTB e Podemos, mas, que tomará uma decisão somente perto da janela partidária, em abril do ano que vem.

DIU

Em nome da autonomia feminina e para proteger a independência das mulheres, a senadora Soraya Thronicke (PSL-MS) pediu à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para derrubar a exigência de consentimento expresso do marido para colocação de Dispositivo Ultrainterino (DIU) em mulheres casadas, conforme reportagem de Raquel Teixeira, da Rádio Senado.

A líder da bancada feminina no Senado, Simone Tebet (MDB-MS), defendeu a liberdade de escolha dos direitos da mulher de atuar no planejamento familiar junto com o homem. “Toda a vez em que você empodera a mulher em que você dá as ferramentas corretas na mesma igualdade com os homens – porque nós não queremos nada diferente -, você tem um resultado imediato. Nós vamos ter voz e pé de igualdade”.

Exigência é desserviço

Para o médico André Luiz Malavasi, diretor da Associação de Obstetrícia e Ginecologia de São Paulo, a exigência é um desserviço das operadoras de saúde, que pode prejudicar a utilização de um dos métodos contraceptivos mais eficazes que existem.

“Essa exigência não tem cabimento, até porque, a mulher tem a completa autonomia e liberdade para escolher quando e como ela tem o desejo fazer a contracepção. É um método excelente e de longa ação. Dura 5 anos e alguns duram 10 anos. Praticamente não tem efeitos colaterais e uma taxa de eficácia que é muito maior do que as pílulas. E, infelizmente, ainda é muito pouco utilizado no Brasil, apesar de estar totalmente disponível no SUS, de forma gratuita”, afirmou o médico.

Legislação

De acordo com a repórter Raquel Teixeira, da Rádio Senado, “não há previsão legal para essa terminação nos planos de saúde, já que o DIU é apenas um método contraceptivo e não um método de esterilização.

A legislação sobre planejamento familiar estabelece a obrigatoriedade dos parceiros casados apenas para casos de esterilização cirúrgica, como laqueadura e vasectomia.

Telefones úteis em Dourados

Quantas vezes a gente já precisou fazer uma ligação de emergência, mas não lembrou ou não sabia o número do telefone. Pensando nisso, a Gazeta MS publica alguns números que, se for preciso, serão facilmente encontrado.

Anota aí:

Polícia Militar: 190

Bombeiros: 193

Guarda Municipal: 199 e 153

Polícia Rodoviária Federal (PRF): 191

Polícia Rodoviária Estadual (PRE): 198

SAMU: 192        

Polícia Civil - SIG (67) 3411-8080

Aeroporto (67) 3411-7936

Utilidade Publica

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.
Logo publicaremos outros números de emergência. 

[email protected]

 

 

Primos douradenses Saraya e Mauro Thronicke


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE