Após oito meses, Dado Cavalcanti deixa comando técnico do Bahia

Nos últimos 6 jogos do Brasileiro, time empatou um e perdeu o restante

| AGêNCIA BRASIL


© Felipe Oliveira/EC Bahia/Direitos Reservados

O Bahia comunicou na manhã desta terça-feira (17) que Dado Cavalcanti não é mais o técnico do time. O treinador assumiu o comando da equipe em dezembro do ano passado, após a saída de Mano Menezes. Além de evitar o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro em 2020,  Cavalcanti conduziu o Esquadrão de Aço à conquista da Copa do Nordeste deste ano. No entanto, nas últimas seis rodadas da Série A, o Tricolor empatou uma vez, e perdeu outras cinco, sendo que três delas jogando em Salvador.

Dado Cavalcanti deixa o comando técnico do Esquadrão. Leia o comunicado ➡️ https://t.co/eb4B4fz6Lu #BBMP pic.twitter.com/CQC7FvDkpw

Em comunicado, o Tricolor baiano não mencionou se o treinador foi demitido ou pediu desligamento, mas  agradeceu os serviços prestados e desejou sorte ao técnico.  A nova regra do Brasileirão limita a apenas duas as demissões de treinadores ao longo da competição. 

Dado Cavalcanti comandou o time em 51 jogos nos últimos  oito meses:  venceu 21, empatou 11 e perdeu 19. Foram 81 gols marcados e 61 sofridos. JAlém do treinador, deixam o time os auxiliares Pedro Gama e Dito Wolley.

Nesta terça (17), o Esquadrão de Aço será será dirigido pelo português Bruno Lopes, técnico do time de transição. Já o elenco sub-23 será comandado por Eduardo Guadagnucci, do sub-20. 

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o 'Fale com a Ouvidoria' da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE