Usineiros recorrem aos governadores

| BRASILAGRO


Sem o aumento da Cide, o setor sucroalcooleiro busca outros remédios para a crise. Está reivindicando aos governos de São Paulo e de Minas Gerais, dois dos principais estados produtores, a redução do ICMS sobre o etanol. Duro vai ser bater na porta de governador em governador.

 Número auscultado pelo Relatório Reservado nos corredores da Única, a entidade que representa o setor: cerca de 120 usinas de álcool e açúcar estão ameaçadas de fechar por absoluta falta de caixa (Relatório Reservado, 18/5/20)



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE