Senadora Soraya Thronicke destina R$ 200 mil para o Hospital da SIAS de Fátima do Sul

| ASSESSORIA


Durante reunião nesta quarta-feira (04/08) em seu gabinete no Senado Federal, em Brasília (DF), a senadora Soraya Thronicke (PSL/MS) fez a entrega simbólica de um cheque no valor de R$ 200 mil de emenda parlamentar individual para a diretoria do Hospital da SIAS (Sociedade Integrada de Assistência Social), de Fátima do Sul. “Esse é um hospital filantrópico que atende a região sul do Estado desde 1969, prestando relevantes serviços à população de Fátima do Sul e de municípios próximos. Essa é a segunda emenda que encaminho para a SIAS e, sempre que possível, vou procurar contribuir”, declarou.

 

Soraya Thronicke explica que os recursos serão aplicados na compra de equipamentos do laboratório do hospital, que realiza inúmeros exames na população. “Em 2020, eu destinei uma emenda no valor de R$ 250 mil para o custeio dessa mesma unidade hospitalar. Sei da importância do Hospital da SIAS, principalmente neste período de pandemia de covid-19. Acredito que toda a ajuda para a área da saúde é bem-vinda”, reforçou.

 

A diretora-executiva do Hospital da SIAS, Rosa Costa, fez questão de agradecer o olhar especial que a senadora Soraya Thronicke tem com a entidade. “Muito obrigada senadora, que Deus lhe abençoe. Posso afirmar que todos nós da SIAS estamos muito gratos. Pessoas como a senadora sempre fazem a diferença na vida daqueles que mais precisam”, afirmou, completando que, com o recurso, será possível comprar equipamentos para fazer análises químicas.

 

Atualmente, conforme Rosa Costa, o laboratório do Hospital da SIAS tem de pagar aluguel mensal de R$ 2,5 mil para utilizar os equipamentos necessários para fazer as análises químicas. “Agora, com esse dinheiro, vamos comprar os nossos próprios equipamentos e economizar o recurso que era destinado para o aluguel. Vamos melhorar, e muito, a qualidade do serviço que prestamos para a população de Fátima do Sul, além de aumentar o número de exames que fazemos mensalmente no laboratório”, assegurou.

 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE