Você sabe o que é uma APP? Entenda a importâncias dessas áreas

Em Dourados o IMAM promove ações para preservação de áreas protegidas

| PM DOURADOS


As Áreas de Preservação Permanente (APP) foram instituídas por lei como forma de suavizar os impactos ocasionados pela ação natural e das mãos do homem. O Objetivo é preservar a fauna e flora, essencial para a diminuição da poluição.  Em Dourados, como parte das ações da campanha “Cuide do Água Boa', o Imam (Instituo Municipal de Meio Ambiente) trabalha para a preservação das quatro APPs que ficam em parques do município e de uma que está localizada dento de uma Unidade de Conservação, no Parque Natural Municipal do Paragem.

Essas regiões são primordiais para preservar os recursos hídricos, a paisagem, a estabilidade geológica e a biodiversidade. “A vegetação arbórea e ciliar protege o corpo d’água, resguardando o rio ou córrego. Sua conservação favorece a manutenção da vazão e da qualidade da água', explica a engenheira ambiental Carulina Gomes Menezes.

Assim como em todas ações voltadas ao meio ambiente, a participação popular é imprescindível. Por mais que os órgãos públicos e até privados se unam em ações voltadas a manutenção desses locais, com atitudes simples os moradores podem contribuir. “Evitando jogar lixo, que pode se deslocar e atingir o córrego, não suprimindo a vegetação ou colocando fogo. Para aqueles que residem próximos às margens, não ligar seu esgoto diretamente ao corpo d’água', detalha Carulina.

A APP que fica dentro do Parque Antenor Martins está em processo de recuperação, isso porque o local foi reflorestado através de um projeto de pós-graduação da bióloga do Imam, Daniela Sangalli, por volta de 2006. Com pouco tempo a ação apresentou seus resultados, como a redução de coliformes fecais na água e o aumento da vazão da nascente. “”A longo prazo são reduzidos custos de tratamento e recuperação. Quanto pior a qualidade da água, menos possibilidades de usos são permitidos”, pontua Carulina.

De acordo com o diretor do Imam, Wolmer Sitadini Campagnoli, as questões envolvendo as nascentes e pequenos cursos d’água dentro do perímetro urbano são essenciais à vida e ao equilíbrio ecológico do município.  “Precisamos Levar em conta a necessidade da proteção dessas áreas, que por força de lei já são “Protegidas', ações que preconizam um pensamento socioambiental saudável, cuidando de nossas áreas de cobertura vegetal para proteção do solo, e de nossas áreas alagadas, de mananciais, córregos, lagoas, riachos e rios, assim protegendo os ecossistemas da biodiversidade, da flora, da fauna, sendo essas áreas: públicas ou privadas, urbanas ou rurais. '

Veja o antes e depois da APP do Parque Antenor Martins:

ANTES

DEPOIS

R ua Coronel Ponciano, 1700

(67) 3411-7122

Desenvolvido pelo Depto de Tecnologia da Informação

Secretaria Municipal de Administração

Prefeitura de Dourados 2021



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE