OAB de Dourados é atendida e Advocacia será vacinada contra Covid-19

| DOURADOS AGORA


Reunião no fim da tarde de hoje com Diretoria da OAB, prefeito Alan Guedes e vereadora Daniela Hall

A luta da Diretoria da OAB 4ª Subseção de Dourados para o reconhecimento e inclusão da Advocacia nos grupos prioritários de vacinação contra Covid-19 foi reconhecida e atendida nesta quarta-feira (21). A imunização ocorrerá na sexta-feira (23/07) no CCI (Centro de Convivência do Idoso) das 7h30 às 11h e das 13h às 17h.

O pedido encaminhado por meio de ofício e endereçado nominalmente ao prefeito Alan Guedes começou quando o município ainda estava vacinando pessoas de idades mais avançadas.

Foram três documentos oficiais e insistências por parte da Ordem e hoje o poder público atende o pedido da entidade por sua classe e a Advocacia será imunizada.

A vereadora e Advogada Daniela Hall após reunião com secretário geral Beto Teixeira apresentou indicação solicitando ao poder executivo a inclusão dos advogados na lista de prioridades da vacinação. Dourados será um dos pioneiros a reconhecer a Advocacia como grupo prioritário. 'Sabemos que os advogados estão dia-a-dia trabalhando com pessoas, como diz a Constituição Federal ‘são indispensáveis para a Administração da Justiça’, estamos felizes em atender a classe, especialmente a jovem Advocacia', afirmou Alan.

O último documento protocolado no dia 12 de julho na prefeitura continha um levantamento feito pela instituição que apontou que cerca de 400 advogados e advogadas ainda não haviam sido imunizados. O número relevante de profissionais que diariamente continuam sendo expostos ao vírus fez com que a Diretoria continuasse lutando pela vacinação da classe. Outra preocupação era em relação as variantes, já que estudos científicos apontam que elas atingem os mais jovens, são transmitidas mais rápido, além de serem mais graves e letais.

O Presidente da OAB, Alexandre Mantovani, comemora a conquista. 'Quando fizemos o pedido a vacinação ainda não estava tão avançada, e mesmo notando um rápido avanço percebemos que havíamos sim ter que continuar lutando pela vacinação pois a jovem advocacia ainda não está imunizada, afinal um dia a mais sem vacina é um dia a mais correndo risco de ser contaminado. A medida vai garantir segurança, saúde e bem-estar dos profissionais do Direito que precisam cumprir diversas demandas relacionadas ao trabalho de forma presencial', frisou Mantovani.

Mantovani destacou que atividades como frequentar o sistema prisional, fóruns, delegacias de polícia e repartições públicas e privadas são cotidianas no exercício da Advocacia, sendo assim justo que os profissionais fossem incluídos nos grupos prioritários.

A conquista também é comemorada pelo secretário-geral Beto Teixeira que assinou os ofícios juntamente com Mantovani. 'Ainda que a vacinação por faixa etária esteja avançando em todo o Estado, temos a consciência de que cada dia importa, e por isso ficamos felizes com o atendimento pela Prefeitura de Dourados ao nosso pleito. Foram vários ofícios e pelo menos duas reuniões com o Prefeito Alan Guedes, que teve muita sensibilidade em atender o pleito', disse Teixeira.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE