Leia Coluna do Jonas desta quarta-feira, 21

| REDAçãO


Jonsé Nunes de Souza, presidente da Udam. Foto: Divulgação

Quarta-feira, 21 de julho 2021 - Início do Inverno (Solstício de Inverno). Dia de São Luís Gonzaga. Dia do Mídia. Dia do Profissional de Mídia. Dia do Aperto de Mão. Dia Mundial do Skate. Dia do Intelectual. Dia Nacional de Controle da Asma. Dia Internacional do Yoga.

Pensamento: "Não venci todas vezes que lutei, mas perdi todas vezes que não tentei"

Musica: Jandira - Conjunto Nosso Samba – Indicação Mateus Gnuztman

Niver: Deonesio Lima, Ivone Gonçalves Ledesma, Daniel Escobar Escobar, Gustavo Ortega Porto Gomes, Iara Mendes - Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios. Salmos 90:12

Correria

O vereador Bicão (MDB) e sua equipe não param e estreitam cada dia mais o relacionamento entre colegas, com vistas a angariar simpatizantes para chapa oposicionista à presidência da União de Câmara de Vereadores de MS. Os edis das câmaras filiadas à UCVMS irão às urnas no segunda quinzena de setembro, em Campo Grande, sede da entidade.

Ideias

Bicão,  que está no quarto mandato de vereador em Aral Moreira, apresenta propostas condizentes com a realidade da categoria, como seminários, assessoria jurídica, transparência, austeridade e presença nos diversos segmentos, desde que seja contemplativo para maioria.

Cemar Arnal, de Dourados, vai compor a chapa como secretário-geral. Uma das prioridades da UCVMS, segundo Cemar Arnal, vice-presidente da Câmara de Dourados, será unir a categoria com responsabilidade por meio de ações que possam aproximar ainda mais os vereadores em todos os sentidos. Abrir perspectivas em termos de projetos que possam beneficiar a comunidade sul-mato- grossense.

Chão Preto

Moradores do Jardim Vitória e adjacências estão esperançosos com a promessa de chegada do asfalto em algumas ruas do bairro e de outros localizados na região do Grande Canaã 1. Esse anseio vem de longa data. Lideranças do bairro lembram esforço do vereador Sergio Nogueira por exemplo do ex-prefeito Murilo Zauith e do deputado federal Luiz Ovando bem bom os demais.

Impresso

Falando em Luiz Ovando (PSL-MS), (foto-anexo), ele defende que o voto impresso eliminaria quaisquer dúvidas, O parlamentar sul-mato-grossense está entre os defensores do voto impresso nas eleições brasileiras. Para ele, imprimir o voto seria uma forma de dar mais segurança ao pleito e evitar dúvidas. “Defendo a aprovação da proposta do voto impresso. A PEC visa eliminar quaisquer dúvidas sobre a confiabilidade das urnas eletrônicas e a escolha dos candidatos”, afirma.

PEC

A PEC 135/19 estava prevista para ser votada em comissão especial da Câmara Federal na sexta-feira passada, dia 16, mas foi adiada após pedido de vistas do relator da matéria, o deputado Filipe Barros (PSL-SP). Agora, o assunto somente voltará ao debate após o recesso, no mês de Agosto.

Conferencia

Ovando avalia que seria mais seguro para o eleitor poder conferir seu voto logo após a votação. Assim, segundo ele, a impressão seria de grande valia. “A ideia é que uma cédula seja impressa após a votação eletrônica, para que o eleitor possa conferir o voto antes que seja depositado, de forma automática e sem contato manual, numa urna trancada para auditoria”, argumenta.

Segurança

“O voto impresso e auditável, é a síntese do processo eleitoral, portanto, não pode pairar qualquer sombra de dúvida ou insegurança sobre a expressão da vontade popular, por isso, sou a favor do voto impresso”, completa.

Questão

Voce confiaria em entregar um cheque em branco, assinado,  e receber um valor qualquer, sem conferir o que foi anotado na folha? Aceitaria fazer um saque no caixa eletrônico sem saber o que consta como retirada na máquina?... Vai daí...

Fundo Eleitoral

Um grupo de parlamentares encabeçado pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) anunciou, na segunda-feira (19), que entrou com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o aumento do Fundo Especial de Financiamento de Campanhas.

O chamado "fundão eleitoral" — incluído no texto do projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2022 (PLN 3/2021), aprovado no Congresso Nacional na quinta-feira (15) — aumenta de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões os recursos públicos para financiar campanhas eleitorais em 2022, divulgou a Agência Senado. 

Só um senador assinou

De iniciativa do movimento político Livres, o mandado de segurança pede que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e o da Câmara, Arthur Lira, cumpram a liminar. A ação, que será relatada pelo ministro Kassio Nunes Marques, também pede a intimação do Ministério Público.

O texto também foi assinado pelos deputados federais Adriana Ventura (Novo-SP), Daniel Coelho (Cidadania-PE), Felipe Rigoni (PSB-ES), Tabata Amaral (PDT-SP), Tiago Mitraud (Novo-MG) e Vinicius Poit (Novo-SP). Alessandro Vieira foi o único senador a assinar a peça. 

Insumos hospitalares

O deputado Neno Razuk (PTB) solicitou à Secretaria de Estado de Saúde o fornecimento de materiais hospitalares à Funsaud (Fundação de Serviços de Saúde de Dourados) de Dourados.

O pedido foi feito por meio de indicação e alerta para a falta materiais hospitalares diversos no Hospital da Vida e na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do município.

Pedido feito por Liandra

A solicitação foi feita pela vereadora Liandra da Saúde (PTB)  que pediu ao parlamentar ajuda para o reabastecimento de materiais hospitalares à Funsaud e que os itens sejam encaminhados aos hospitais conveniados, como a UPA e o Hospital da Vida.

“São vários itens que estão em falta nessas duas unidades que prestam atendimento a população de Dourados e dos municípios do entorno, como é sempre bom lembrar. Pedi ao Neno que fizesse uma indicação para que fosse restabelecido o fornecimento urgente desses materiais na rede pública de saúde de Dourados”, explicou Liandra.

Unidades móveis

A população de Dourados contará com duas unidades móveis de atendimento médico ainda no segundo semestre deste ano. Recurso destinado pelo deputado estadual Marçal Filho (PSDB), no valor de R$ 330 mil, vai possibilitar a compra dos trailers, que serão equipados com consultórios.

A proposta é a de levar atendimento a pessoas de baixa renda e moradores distantes da área central da cidade. Cada trailer terá 6,5 metros de comprimento por dois metros de largura e serão equipados com energia elétrica e hidráulica, contendo ainda mesa ginecológica, escada hospitalar, maca, banco giratório, mesa, cadeiras e computador.

Mais perto da população

As unidades móveis de saúde terão estrutura para comportar uma equipe de Estratégia de Saúde da Família (ESF), com capacidade para realizar consultas médicas e atendimentos de enfermagem, oferecer vacinas, curativos, procedimentos e medicamentos, além de exames rápidos e outros atendimentos para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

"Será um consultório médico completo e a vantagem é que os profissionais da saúde estarão mais próximos da população, principalmente daqueles que têm dificuldade de se deslocar até um posto de saúde", diz o deputado Marçal Filho. Os recursos para aquisição dos trailers foram liberados semana passada.

Itaporã

O deputado estadual Gerson Claro (PP) comemorou na segunda-feira (19) a publicação, em Diário Oficial, do resultado de licitação para obra na escola estadual Edson Bezerra, localizada no município de Itaporã.

O pedido de reforma na unidade foi encaminhado ao governo do Estado no dia 16 de dezembro de 2020, a pedido do vereador Lindomar Freitas.

Recursos de R$ 2 mi

Conforme a publicação no Diário Oficial, a empresa vencedora da licitação é a Bérgamo Construtora. O valor global para reparos gerais na escola será de R$ 2.089.812,45.

“Muito feliz em saber que o nosso pedido foi atendido e que a reforma vai acontecer, beneficiando professores, alunos, funcionários, e toda a comunidade da região. É certo que essas melhorias vão trazer mais conforto, segurança e incentivo à educação”, afirmou Gerson Claro, que é natural de Itaporã.

Telefones úteis em Dourados

Quantas vezes a gente já precisou fazer uma ligação de emergência, mas não lembrou ou não sabia o número do telefone. Pensando nisso, a Gazeta MS publica alguns números que, se for preciso, serão facilmente encontrado.

Anota aí:

Polícia Militar: 190

Bombeiros: 193

Guarda Municipal: 199 e 153

Polícia Rodoviária Federal (PRF): 191

Polícia Rodoviária Estadual (PRE): 198

SAMU: 192        

Polícia Civil - SIG (67) 3411-8080

Aeroporto (67) 3411-7936

Utilidade Publica

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.
Logo publicaremos outros números de emergência. 

 

 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE