Homofobia: projetos no Senado buscam combater violência contra população LGBT

| AGêNCIA SENADO


De 2000 a 2019, quase 5 mil pessoas foram assassinadas em razão da orientação sexual, segundo informou o doutor em antropologia Luiz Mott, fundador do Grupo Gay da Bahia (GGB), que há 40 anos publica relatórios estatísticos sobre esses crimes.

Neste domingo, 17 de maio, foi celebrado o Dia Internacional contra a Homofobia. A data alerta sobre a discriminação e violência sofridas pela população de gays, lésbica e transexuais. No Senado, projetos de lei visam criminalizar a homofobia e endurecer as penas para os criminosos. Ouça a reportagem de Iara Farias Borges, da Rádio Senado.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE