Casal cai no 'golpe das panelas' pouco mais de 2 anos após dezenas de vítimas denunciarem crime

Prejuízo para as vítimas foi de R$ 1,5 mil, em Campo Grande. Polícia investigou golpe semelhante em 2018, com ao menos 10 registros de boletins de ocorrência.

| G1 / GRAZIELA REZENDE, G1 MS


Pouco mais de dois anos após vítimas denunciarem o golpe das panelas, em Campo Grande, outras pessoas foram até a delegacia, neste domingo (17) denunciar que tiveram prejuízo com um casal que oferecia os mesmos produtos, no estacionamento de um supermercado da cidade.

Segundo o registro da ocorrência, as vítimas, de 44 e 51 anos, foram abordadas pelos suspeitos e disseram que gostaram do produto, efetuando a compra de 19 peças, ao valor de R$ 1,5 mil. Eles explicaram que o pagamento foi feito no cartão de crédito, parcelado em 12 vezes.

No entanto, ao chegar em casa e abrir a caixa, as vítimas perceberam que as panelas não foram as mesmas as quais eles foram apresentados, sendo um material de aço cirúrgico e com uma válvula especial. Os golpistas também teriam prometido um kit de facas e não deram.

O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Centro, como estelionato. A pena para o crime varia de um a quatro anos de prisão.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE