Leia Coluna do Jonas desta quinta, 10

Topics of the day: Comerciantes se unem e sugerem "Semana dos Namorados" em Dourados pós lockdown; Câmara de Vereadores de Dourados votou, na sessão de segunda passa, diversos Projetos de Lei; O prefeito Marcos Pacco (PSDB) informou que deverá instalar barreira sanitária em Itaporã...

| REDA


Jonas Alves da Silva (Silva Junior) - Divulgação

Quinta-feira, 10 de junho 2021 - Eclipse Solar Anular 2021. Dia da Artilharia.

Pensamento:"Somos o resultado dos livros que lemos, das viagens que fazemos e das pessoas que amamos."

Musica: Non ho l'eta - gigliolla Cinquetti e Você é real – Simone – Indicações Mateus Gnuztman

Niver: José Hilton Freire Freire, Luiz Carlos Marques, Noemi Ferrigolo, Jonas Ruiz, Nágila Raidan, Dejacir Machado Dos Santos, Carlos Alencar, Adriano Veículos, Hamilton Valério, Eliete Alves, Severino Negão - Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios. Salmos 90:12

Namorados

Em tempos de pandemia,  a criatividade e a ousadia passaram a ser palavras de ordem para os comerciantes de Dourados, primeira capital do interior do Mato Grosso do Sul. Eles se uniram e vão promover a “Semana dos Namorados.

Lockdown

A inovação acontece por conta do Lockdown assinado pelo prefeito Ala Guedes (PP), que determinou o fechamento da maioria do comércio por 14 dias. O prazo termina exatamente dentro das comemorações do “Dia dos Namorado”, 12 de junho.

Ousando

Para suprir a demanda, os comerciantes lançam, já na primeira semana pós-lockdown, a “Semana dos Namorados”, apostando que seja uma maneira de atrair os clientes e minimizar os impactos financeiros durante a crise sanitária pela qual passa toda a humanidade.

Coragem

Segundo Otávio Benites, da El Shaday Papelaria, a coragem que sempre esteve ao lado de quem ousa e tem de ser exercitada nesse instante, mais do que nunca. "Vamos sair e vencer desse atoleiro", pondera, seguido por outra centena de empresários. A iniciativa conta com apoio da classe comerciária, assim como dos autônomos e dos consumidores locais e regionais.

Salvação

Mais que uma tentativa de salvação dos comerciantes, dizem que a inovação vai “salvar a pele” de muita gente que anda “devendo pedrinhas” e o “Dia dos Namorados” se torna a possibilidade de “ajeitar a traia” e por alguns pingos nos is... Vamos conferir...  Mais sorrisos ou lágrimas?”...Quem  sobreviver verá.

Driblando o lockdawn

Com o lockdown de duas semanas em Dourados, decretado pelo prefeito Alan Guedes (PP), muita gente tem visitado Itaporã, a 17 km, para apostar na única casa lotérica daquela cidade, ou mesmo, pagar contas, sacar dinheiro ou fazer depósitos.

Logicamente, muita gente também compra bebidas alcoólicas em bares, conveniências e supermercados em Itaporã, já que em Dourados, isso está proibido pelo decreto do prefeito.

Barreiras

O prefeito de Itaporã, Marcos Pacco (PSDB) disse que o seu município deverá realizar barreiras sanitárias para as devidas orientações.

As informações são da jornalista Thalyta Andrade, do Douradosnews, que mostrou reportagem sobre o fluxo de douradenses em Itaporã, nestes tempos de lockdawn.

Aumento de 40%

O movimento na casa lotérica de Itaporã teve um aumento de 40% nos últimos dias.

Isso, segundo o proprietário da lotérica, devido ao aumento do número de douradenses que visitam a cidade.

Estoque zerado

O proprietário de uma conveniência em Itaporã, disse para a jornalista, que o seu estoque de bebidas alcoólicas zerou no feriado de Corpus Christi.

Isso, explicou, devido ao grande número de consumisdores douradenses que não pode comprar bebidas em Dourados devido à “lei seca”.

Bandeira vermelha

Na classificação do Prosseguir -  Programa de Saúde e Segurança na Economia -,  Itaporã estava, até terça-feira, na bandeira vermelha, ou seja, que indica grau de alto risco da Covid-19.

Segundo boletim da Secretaria de Saúde do Estado, em Itaporã, até agora, 43 pessoas morreram vítimas da Covid-19, com 1.806 casos confirmados da doença.

Barreira sanitária

O prefeito Marcos Pacco (PSDB) informou que deverá instalar barreira sanitária na entrada da cidade, prioritariamente para instruções aos visitantes.

No entanto, não descartou a possibilidade da exigência de comprovaçãoa de vacinação ou mesmo de exame negativo para a Covid-19.

Calamidade pública

Está prorrogada a situação de calamidade pública no município de Ponta Porã, devido aos efeitos da pandemia da Covid-19.

Assinado pelo presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), deputado Paulo Corrêa (PSDB), o Decreto Legislativo 709/2021 foi publicado ontem (9) no Diário Oficial da Casa de Leis.

Prazo até dia 30

O documento estende o prazo até o próximo dia 30, para atendimento do disposto no art. 65 da Lei Complementar Federal 101, de 4 de maio de 2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal). O pedido de prorrogação, feito pelo chefe do Executivo municipal, foi votado e aprovado pelos deputados estaduais na Ordem do Dia da última terça-feira (8).

Com a publicação, o gestor municipal continua autorizados a abrir crédito extraordinário, movimentar dotações por meio de transposição, remanejamento, transferência e utilizar a reserva de contingência.

 Seminário da Água

Mais de 14 palestras e participação de cerca de 30 instituições marcaram o II Seminário Estadual da Água Multiplas Conexões – Bacias hidrográficas dos rios Paraná e Paraguai, realizado pela Assembleia Legislativa essa semana.

O deputado Renato Câmara, que coordena os trabalhos da Frente Parlamentar de Recursos Hídricos – promotora do evento, disse que uma publicação será compilada, devido a grande quantidade de informações colhidas.

Livro

“Reunimos um material muito rico de dados, análises, apresentados de grandes trabalhos e vamos condensar em um livro para deixar registrado. Mato Grosso do Sul é um estado em abundância de água e quero agradecer a todos do seminário, pela primeira vez totalmente virtual e muito produtivo”, ressaltou.

O parlamentar ainda alertou que, mesmo com inúmeros rios superficiais e águas subterrâneas, esse bem tão precioso pode nos faltar. “Estamos vivendo um momento de mais de 10 anos de escassez. São mais de R$ 2 bilhões em prejuízos que se tem com as erosões, com a diminuição dos cursos de água e também teremos que lidar com a projeção futura de falta de água”, lamentou.

Uso de coleiras

O Projeto de Lei 1495/21 tipifica como crime de maus-tratos o uso de coleiras que cause qualquer tipo de sofrimento ao cão. O texto em análise na Câmara dos Deputados insere dispositivo na Lei de Crimes Ambientais, que para esse crime prevê detenção, de três meses a um ano, e multa, segundo a Agência Câmara de Notícias.

“O uso em cães de coleiras de choque ou pontiagudas causa estresse e dor aos animais, podendo induzir o desenvolvimento de comportamento agressivo contra outros animais ou mesmo contra seres humanos”, afirmou o autor do projeto de lei, deputado Fred Costa (Patriota-MG).

Utilização banida

“Em razão do sofrimento que provocam, a utilização desses tipos de coleiras já foi banida em diversos países, como Inglaterra, Escócia e Holanda. No Brasil, essa proibição já é discutida por meio de propostas legislativas municipais e estaduais, mas é essencial que seja apreciada em nível nacional”, justificou.

O projeto será analisado pelas comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois seguirá para o Plenário.

CMD

A Câmara de Vereadores de Dourados votou, na sessão de segunda passa, diversos Projetos de Lei. O primeiro deles, de número 046/2021, é de autoria do Poder Executivo e dispõe sobre as Diretrizes Orçamentárias para o exercício de 2021.O projeto está em primeira discussão e votação.

Segundo

O segundo projeto apresentado, em segunda discussão e votação, tendo o numero 072/2021, também  é  de autoria do  Executivo e cria o Programa Especial de Adimplemento Habitacional no âmbito da Agência Municipal de Habitação de Interesse Social do Município.

Terceiro

O terceiro projeto tem o número 053/2021, em primeira discussão e votação, sendo de autoria do vereador Maurício Lemes, denomina Rua João Cândido de Souza, a atual rua Corredor Público 14, localizada no Loteamento Sitiocas Campo Belo  I e II, em toda a  sua  extensão.

Mais  Projetos

Os projetos de número 054,055 e  056, também são de autoria do vereador Mauricio Lemes, e denominam respectivamente: a) Avenida Alberto Ananias Moreira, a Avenida 1, no Loteamento Distrito Industrial; b) Rua Algacir Pereira de Matos, a rua Corredor Público  G, em toda sua extensão, localizada no Loteamento Sitiocas Campo Belo I e II. c) Rua Cezar Luiz Senatore, a Rua Corredor G, em toda sua extensão, localizada no Loteamento Residencial Pelicano e Jardim Piratininga.

Matérias

O último ponto da pauta, foram as matérias em deliberação, com a Pauta de Requerimentos.

Telefones úteis em Dourados

Quantas vezes a gente já precisou fazer uma ligação de emergência, mas não lembrou ou não sabia o número do telefone. Pensando nisso, a Gazeta MS publica alguns números que, se for preciso, serão facilmente encontrado.

Anota aí:

Polícia Militar: 190

Bombeiros: 193

Guarda Municipal: 199 e 153

Polícia Rodoviária Federal (PRF): 191

Polícia Rodoviária Estadual (PRE): 198

SAMU: 192        

Polícia Civil - SIG (67) 3411-8080

Aeroporto (67) 3411-7936

Utilidade Publica

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.
Logo publicaremos outros números de emergência. 

[email protected]

 

 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE