BRF anuncia investimentos de R$ 121 milhões em MS

| BRUNO CHAVES, SUBCOM


O anúncio do investimento foi feito durante videoconferência- Foto: Chico Ribeiro

A BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, anunciou nesta terça-feira (8) investimentos de R$ 121 milhões em sua operação na cidade de Dourados, em Mato Grosso do Sul. O montante será utilizado na modernização e ampliação de sua planta local, que tem cerca de dois mil funcionários e 100 produtores integrados.

O anúncio do investimento foi feito pelo CEO da BRF, Lorival Luz, e pela vice-presidente global de Relações Institucionais e Sustentabilidade da companhia, Grazielle Parenti, em videoconferência com o governador Reinaldo Azambuja e o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck. 

“Com este aporte conseguiremos ampliar e modernizar uma unidade que atende tanto o mercado nacional quanto importantes países para os quais exportamos, entre eles a China, com o qual temos uma ótima relação”, afirmou Lorival Luz.

Para o secretário Jaime Verruck, a política de atração de investimentos do Governo de Mato Grosso do Sul tem posicionado o Estado como uma potência agroambiental e agroindustrial. “O investimento da BRF fortalece essa linha. Vamos continuar agregando valor às nossas matérias primas, como farelo de soja e milho, transformando-as em proteína vegetal para exportação e novos mercados”, destacou.

Desenvolvimento sustentável

Na videoconferência, o governador Reinaldo Azambuja e o CEO da BRF, Lorival Luz, trataram da sustentabilidade como pauta dos estados e do setor produtivo, principalmente a agroindústria.  

“É fundamental termos um alinhamento em pautas que são importantes para o Brasil. Estamos construindo uma pauta de sustentabilidade. Queremos ser um estado carbono zero até 2030. Temos ações no pantanal com painéis solares, entre tantas outras iniciativas incluindo a geração de energia renovável em granjas e aviários”, salientou Reinaldo Azambuja.  

“O investimento da BRF é mais um projeto captado dentro de uma ideia do desenvolvimento sustentável, com agregação de valor, para que a gente possa continuar dentro do ritmo de exportação”, completou Jaime Verruck.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE