Itaporã: Vigilância Sanitária, PM e Bombeiros acabam com aglomerações e festas clandestinas

Ação do feriado, resultou em estabelecimentos notificados, boletins de ocorrência e autuações

| ASSECOM/ITAPORã


Com o aumento da contaminação por Covid-19 e os óbitos registrados nos últimos dias, uma equipe de fiscalização está trabalhando diuturnamente em Itaporã com objetivo de coibir o descumprimento das orientações de biossegurança no município. A equipe é formada por profissionais da vigilância em saúde, policiais civis e militares e conta ainda com auxílio do corpo de bombeiro militar da cidade de Dourados. Neste feriado, uma ação foi realizada com um amplo trabalho de campo, com intuito de coibir eventos, aglomerações, festas clandestinas dentre outras inflações que contribuem para a disseminação do coronavírus, que está preocupando as autoridades sanitárias do município.

Diariamente, a vigilância sanitária recebe denúncias de aglomerações de pessoas em festas promovidas em chácaras, sítios e pesqueiros. Para este feriado, um cronograma de ações foi executado, começando com blitz de biossegurança na quarta-feira 02/06, toque de recolher todos os dias e rondas ostensivas de acordo com as denúncias. Com a ação, proprietários de vários recintos foram autuados conforme o previsto na lei. “Não dá mais para tolerar, as estatísticas não mentem, está faltando leitos em hospitais, pessoas estão morrendo a todo momento, a população tem que ter consciência da gravidade da situação” Disse o gerente de saúde Wilson Dias.

Diversas festas clandestinas e aglomerações foram encerradas, dentre elas, uma num sítio nas proximidades do morro da balança, uma dentro da cidade no Jardim Vitória e por fim, uma no loteamento “Brinco Di Oro”.  Dentre as fiscalizações foi identificado o marido de uma paciente que está positiva para COVID-19 e deveria estar em quarentena domiciliar. Neste caso, o homem realizará o exame pra saber se está positivo e caso isso aconteça, todos serão submetidos ao exame.

Enquanto for necessário a intervenção do município e os índices não baixarem, ações como esta serão realizadas a qualquer momento do dia em Itaporã. Com o grave aumento de positivos para COVID-19 em nossa macro região, Itaporã adotou esta alternativa na tentativa de controlar aglomerações em bares, restaurantes, mercados, conveniências e pesqueiros, protegendo dessa forma o comercio local e o mantendo em pleno funcionamento.

Vale lembrar que em Itaporã temos um drástico aumento de pacientes com coronavírus, além do nosso hospital estar com lotação máxima de casos internados, portanto estas fiscalizações da vigilância em Saúde e Policiais locais permaneceram enquanto se fizer necessário.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE