Carreata marca o 2º diado lockdown em Dourados

| REDAçãO


Comerciantes em passeata. Foto: 94 FM

Uma carreata promovida por um grupo de comerciantes marcou nessa segunda o 2º dia do lockdow em Dourados. A manifestação aconteceu em protesto contra o decreto nº 400, assinado pelo prefeito Alan Guedes (PP), que tomou essa decisão devido à pandemia do Covid-19 na cidade.

A carreata, com buzinaço, passou pela Avenida Marcelino Pires e culminou em frente à sede da Prefeitura, onde houve protesto por parte de comerciantes.

A Guarda Municipal esteve atenta em todos os momentos da manifestação e não interferiu já que tudo se transcorreu de forma pacífica.

Os comerciantes também estavam divididos em relação à participação na carreata. Um grupo resolveu não aderir ao movimento, alegando que pretendia manter audiências com vereadores e mesmo com o prefeito. No entanto, outro grupo resolveu partir para o protesto.

Os comerciantes são contra alguns pontos estabelecidos no decreto assinado pelo prefeito Alan Guedes. Eles reivindicam, por exemplo, o atendimento ao público através de delivery ou de drive thru para, pelo menos, amenizar os prejuízos na vigêncdia do lockdown. Isto é, querem atender a população, mesmo com as portas fechadas de seus estabelecimentos.

Segurança

A Secretaria de Segurança Pública do Estado designou para Dourados o enviou de um grupo de policiais militares do Batalhão de Choque, oriundo de Campo Grande, para acompanhar e, logicamente, prevenir e intervir em manifestações radicais durante o período de lockdown. A tropa desembarcou ontem pela manhã em Dourados.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE