Após cobranças de Fabio Luis, Prefeitura atualiza dados da vacinação e Dourados avança em ranking

| CâMARA DOURADOS / ASSESSORIA


Atualização dos dados ocorre após Fábio Luis convidar secretário de Saúde para esclarecimentos na Câmara Foto: Assessoria

Nas três últimas semanas o vereador Fabio Luis (Republicanos) se empenhou em exigir da Secretaria Municipal de Saúde uma resposta aos ofícios encaminhados pela Secretaria Estadual de Saúde que exigia esclarecimentos a respeito da vacinação atrasada em Dourados, sugerindo inconsistência de dados lançados ao E-Vacine, plataforma de monitoramento do Governo do Estado.

Após a ação do parlamentar, que chegou a convidar o secretário Edvan Marcelo por duas vezes para comparecer na Câmara, o Município finalmente atualizou os dados inconsistentes e agora a maior cidade do interior ocupa a 72ª posição no ranking de efetividade da campanha de imunização contra Covid-19 em Mato Grosso do Sul.

A ida do secretário à Casa Legislativa para prestar esclarecimentos sobre o enfrentamento da pandemia e outros serviços de saúde no Município, foi programada para o dia 31 deste mês.

Até a sessão parlamentar mais recente, na segunda-feira (24/05), Dourados havia registrado a aplicação de apenas 72.698, das 109.068 doses destinadas ao município. Na oportunidade Fabio voltou a cobrar atenção da gestão de saúde local para os dados que demonstravam atraso na vacinação.

Hoje, 27/05, os números atualizados apresentam avanço para 92.581 doses aplicadas (61.789 de primeira dose e 30.792 de segunda dose), o que representa até o momento 27,40% de vacinados e 13,66% de imunizados diante da meta populacional de 202.946 douradenses aptos para receber o imunizante.

“Como disse lá atrás, quando trouxemos à público os ofícios da SES, a minha expectativa era que de fato as doses que sobravam no sistema fossem resultado de uma ausência de lançamento dos dados e não de atraso nas aplicações. Ter doses de vacina estocadas enquanto a população anseia pela retomada da vida normal não faz nenhum sentido. Se tem vacina, que ela seja então levada ao braço do cidadão douradense”, afirmou Fabio Luis.

O vereador ainda reforçou a importância do município apresentar com mais clareza e transparência as propostas realmente efetivas que estão sendo adotadas para intensificar a vacinação em Dourados.

O parlamentar tem sido atuante nos assuntos direcionados à saúde, tendo por exemplo destinado 90% de suas emendas impositivas para compra de vacinas contra Covid-19 e também proposto uma comissão de inquérito parlamentar (CPI) que investiga os gastos de recursos federais destinado ao enfrentamento da pandemia em Dourados durante o ano de 2020. Fabio é presidente da CPI da Covid.

"Quando se trata de saúde, especialmente no momento que estamos passado, exigir clareza e ação estratégica é uma questão de sobrevivência. São vidas nas mãos dos agentes públicos, e esses precisam se comprometer, se dedicar e esgotar todas as possibilidades para que vidas sejam salvas", considerou o parlamentar.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE