COMAD realiza encontros para discutir sobre a pandemia da dependência química

| ASSECOM


O COMAD (Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas de Dourados), o Projeto Tekoha Marane'y e o grupo de pesquisa GEPED/UFGD desenvolverão esta capacitação multidisciplinar com a temática “A pandemia da dependência química”.

O evento será realizada de forma online com 10 encontros programados, no horário das 19h às 21h, do dia 30 de abril a 19 de novembro, com palestras informativas que servirão para ampliar o conhecimento no tema e capacitar os participantes no tocante à compreensão sobre a história das drogas, prevenção, tratamento e projetos em andamento.

Além dos encontros, os participantes serão orientados com leituras fundamentais sobre a temática e irão, durante a capacitação, desenvolver textos no formato de artigo, relato de caso, resumo ou plano de ação para aprofundar um tema, apresentá-lo no seminário final e publicar, após avaliação, para completar a carga horária de 60 horas.

A conselheira representante da SEMAS (Secretaria Municipal de Assistência Social) ressalta a importância da ação. "É fundamental discutir sobre esse tema que é uma pandemia que existe a muito tempo mas que passa despercebida, mas que leva embora todos os dias, pai, mãe, filhos."

As inscrições serão realizadas no site e para receber o certificado será necessário 75% de presença nos encontros e apresentação de trabalho final em seminário conclusivo e publicação nos anais do evento.

As atividades serão transmitidas ao vivo pelo YouTube no canal do COMAD e o link ficará disponível neste site http://comaddourados.blogspot.com/. O COMAD conta com a parceria de todas as instituições que fazem parte do conselho para a realização desta atividade de capacitação.

 


O cronograma dos encontros:

 


30/04/2021- As drogas na história

14/05/2021- A lei sobre drogas e o Comad

28/05/2021- Efeitos do abuso de substâncias

22/06/2021- A espiritualidade no tratamento da adicção

23/06/2021- Abuso de substância entre mulheres e crianças

24/06/2021- Drogas e violência

25/06/2021- Dependência e povos indígenas

30/07/2021- Farmacologia do abuso de drogas

27/08/2021- Prevenção, cuidados e reinserção social

24/09/2021- Opções de tratamento em adicção

22/10/2021- Sistema prisional e drogas

19/11/2021- Seminário de encerramento

 

 

Dependência Química

 


Considerado um transtorno mental, além de um problema social pela OMS (Organização Mundial de Saúde), a dependência química é tida como doença crônica, que comumente atinge indivíduos que fazem o uso constante de determinadas drogas. O portador desse tipo de distúrbio acaba por não conseguir conter o vício, afetando sua vida psíquica, emocional, física e, consequentemente, a vida social.

As substâncias que atuam no Sistema Nervoso Central, alterando a forma de o indivíduo pensar, agir ou sentir são denominadas drogas psicoativas. Sendo conhecida e usada desde o início das civilizações, em rituais religiosos ou como fonte de prazer, substâncias como a maconha, cocaína e o álcool ainda são comuns nos dias atuais. Tendem a causar um desequilíbrio no metabolismo químico do organismo, levando a dependência química da droga.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE