Secretaria de Saúde vistoria instalações da JBS em Dourados

| ASSECOM


Secretária Berenice e o médico Ricardo do Carmo estiveram na JBS Dourados nesta quinta-feira. Foto: Divulgação

A secretária municipal de Saúde, Berenice de Oliveira Machado Souza, acompanhada de assessoria técnica, visitou na manhã desta quinta-feira o frigorífico do grupo JBS em Dourados, onde se reuniu com diretores da empresa e, também, vistoriou as instalações para conferir se medidas de vigilância são adotadas para conter o contágio pelo novo coronavírus.

De acordo com o médico Ricardo do Carmo, membro do Comitê de Gerenciamento de Crise do Covid-19 e coordenador do Núcleo de Emergência Assistencial, durante a vistoria foi constatado que a empresa tomou medidas de prevenção para preservar a saúde dos colaboradores e que, inclusive, os trabalhadores indígenas vão ficar em suas casas enquanto durar a pandemia e sem prejuízo financeiro.

Em nota, a JBS explicou que como atividade essencial está totalmente dedicada a cuidar da saúde e segurança dos colaboradores e manter a produção de alimentos com qualidade.

Ainda de acordo com a empresa, para enfrentamento da crise da Covid-19, a JBS definiu rígidos protocolos de prevenção que seguem as orientações da OMS (Organização Mundial da Saúde) e do Ministério da Saúde, com a avaliação e complemento da Consultoria do Hospital Albert Einstein.

“Os protocolos estão definidos e elaborados pensando na rotina de nosso colaborador em cada etapa do processo. A disciplina na execução é fundamental para o sucesso das ações propostas”, afirma a empresa.

Nesta quarta-feira (13), foi confirmado o primeiro caso de coronavírus na reserva indígena de Dourados. Trata-se de uma mulher, de 35 anos, moradora da aldeia Jaguapiru e que trabalha no frigorífico da JBS. Não foi identificado como e onde a indígena foi contaminada. Ela encontra-se em isolamento domiciliar.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE