FIVB anuncia novo calendário e como será a classificação olímpica de vôlei de praia

| GAZETA ESPORTIVA


(Foto: Divulgação/FIVB)

A Federação Internacional de Vôlei determinou nesta quarta-feira o calendário da temporada 2020-2021, após o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 e o cancelamento da Liga das Nações de Voleibol (VNL) 2020 por conta da pandemia do coronavírus. Além disso, a entidade também divulgou como será a classificação olímpica do vôlei de praia, que foi interrompido pela Covid-19.

As atualizações do calendário incluem as datas da Liga das Nações de Vôlei (VNL) 2021 e o possível retorno e/ou início da temporada de clubes nacionais 2019-2020 e 2020-2021. Todas as atualizações foram feitas pensando prioritariamente na saúde e o bem-estar de todos.

“As decisões aprovadas pelo Conselho de Administração e pelo Comitê Executivo da FIVB são essenciais para salvaguardar a saúde e o bem-estar de toda a família de vôlei durante esses tempos sem precedentes. Agradecemos o apoio dos presidentes das Confederações Continentais, Federações Nacionais e ligas nacionais na adoção dessas mudanças, que ajudarão a facilitar o forte retorno de nosso amado esporte. Não há dúvida de que agora é o tempo necessário para que todos trabalhem juntos e ajam como um só na tomada de fortes medidas coletivas em benefício do vôlei', disse Ary Graça, presidente da FIVB.

Confira quais foram as atualizações:

Classificação Olímpica

Ficou determinado que o prazo de qualificação para o Ranking Olímpico foi prorrogado até 13 de junho de 2021 e a lista do Ranking Olímpico será publicada em 14 de junho de 2021.

Além disso, nenhuma alteração adicional será aplicada. Os critérios de elegibilidade permanecerão os mesmos, com as equipes sendo obrigadas a participar de um mínimo de 12 eventos de qualificação em todas as rotas de qualificação. Os 12 melhores resultados de uma equipe contarão para o seu Ranking Olímpico.

A adaptação é baseada em uma previsão do futuro calendário do World Tour, apresentando um número mínimo de eventos de 3, 4 e 5 estrelas, programados até 13 de junho de 2021.

“Acreditamos que essas mudanças no Sistema de Classificação de Vôlei de Praia para os Jogos Olímpicos de Tóquio representam uma abordagem equilibrada, justa e universal que garantirá que os atletas com melhor desempenho tenham a oportunidade de se qualificar para os Jogos', acrescentou Ary Graça.

Temporada nacional de clubes 2019-2020 e 2020-2021

A FIVB aprovou a permissão para que todas as ligas nacionais possam concluir a temporada 2019-2020 ou iniciar a temporada 2020-20221 a partir de 1 de junho de 2020, se estendendo até 18 de abril de 2021. O agendamento das ligas nacionais somente ocorrerá se for seguro e estará sujeito às diretrizes de saúde e segurança emitidas pelas autoridades nacionais e locais. A FIVB renunciou aos eventos internacionais e, portanto, permitirá que as ligas nacionais comecem mais cedo do que o habitual.

Finais do Campeonato Continental de Vôlei

Todas as finais do Continental Club Championship ocorrerão até 2 de maio de 2021.

Liga das Nações de Voleibol (VNL) 2021

A VNL 2021 será realizada a partir da segunda semana de maio de 2021 (7 ou 11 de maio), com a data de início a ser confirmada em breve e término em 27 Junho de 2021, encerrando quase um mês antes dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Itália e China estão mantidos como países anfitriões para as finais.

Campeonatos Continentais de Vôlei 2021

Os Campeonatos Continentais de Vôlei 2021 serão realizados de 19 de agosto a 19 de setembro de 2021. A FIVB confiou a responsabilidade de adaptar os processos de qualificação para o Campeonato Continental de Vôlei de 2021, se necessário, às Confederações Continentais.

O novo prazo de qualificação para a Copa Continental foi prorrogado até 27 de junho de 2021, e as finais do torneio serão realizadas na semana de 21 a 27 de junho de 2021.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE