Fertilizantes: Crédito para custeio rural antecipado pode ajudar produtor na compra de insumos agrícolas

Saiba mais sobre a linha de crédito e como pode ser utilizada.


Saiba mais sobre a linha de crédito e como pode ser utilizada.

Obter crédito rural antecipado para planejar melhor a safra e adquirir fertilizantes agrícolas mais cedo, conseguindo melhores condições de preço e mercado. Essa é uma alternativa que o produtor tem ao recorrer à linha de crédito rural para custeio antecipado.

Com o dinheiro, o produtor rural pode comprar previamente insumos agrícolas ou pecuários, como sementes, mudas, fertilizantes, pesticidas, ração e medicamentos. Na atividade pecuária, podem ser financiadas também a limpeza e a reforma de pastagens e a silagem, entre outras. As atividades aquícolas e pesqueiras, seja industrial ou artesanal, também são beneficiadas.

“O pré-custeio nada mais é do que um financiamento do custeio antecipado no momento em que uma safra ainda está sendo colhida e a seguinte, a grande safra de verão, ainda está para ser iniciada, o que vai acontecer lá pelo mês de setembro, outubro, novembro”, explicou o diretor de Crédito e Informação, da Secretaria de Política Agrícola, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Wilson Vaz de Araújo.

E exemplificou: “Neste momento, é uma oportunidade de você comprar fertilizante agrícola a preços relativamente mais baratos. Por exemplo, você tem muita movimentação de produção para os portos e até para mercados consumidores mais distantes. Você pode aproveitar o frete de retorno para adquirir seus insumos. Pode, eventualmente, adquirir por um preço mais em conta com consequente redução dos custos de produção”.

Recursos

Em fevereiro, o Banco do Brasil anunciou R$ 16 bilhões em recursos para o custeio antecipado das atividades no período agrícola 2021/22. O crédito é direcionado aos produtores de lavouras de soja, milho, algodão, café, arroz e cana-de-açúcar.

No mesmo mês, a Caixa Econômica Federal anunciou a ampliação do custeio agro antecipado para R$ 12 bilhões. Os recursos são especialmente para financiar as despesas do ciclo de produção das principais culturas do país, como soja, milho, algodão, arroz, feijão, mandioca e café, e atividades pecuárias.

No crédito antecipado, as taxas de juros são livres, a critério da instituição financeira.

Fonte: Governo do Brasil

Veja Mais Fertilizantes: Crédito para custeio rural antecipado pode ajudar produtor na compra de insumos agrícolas Melhoramento Genético: Safra 21/22 deve ter nova geração de sementes no campo Defensivos Agrícolas: Mercado de defensivos agrícolas sobe no Brasil Segurança Alimentar: ‘Aumento dos preços dos alimentos tem impacto maior nos países mais pobres’ Agricultura de Precisão: Quais os desafios para a agricultura no futuro?

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail? Cadastrar

Tags Fertilizantes Agrícolas

Eng. Agrônoma especializada em Administração Agrícola e Comércio Exterior.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE