Santos empata em 2 a 2 mas segue na Libertadores

| GABRIEL SANTANA/ASSESSORIA SANTOS


Foto: Divulgação

O empate em 2 a 2 diante do San Lorenzo, na noite desta terça-feira (13), no Estádio Mané Garrincha, qualificou o Santos para a Fase de Grupos da Conmebol Libertadores. Marcos Leonardo e Pará, marcaram os gols do Peixe na partida. Como no jogo de ida, na Argentina, o time santista havia vencido por 3 a 1, no agregado, terminou 5 a 3 para o Santos FC.

O Alvinegro da Vila Belmiro se juntará ao Barcelona de Guayaquil, o Boca Juniors e o The Strongest, no Grupo C da competição mais importante das Américas.

O jogo

Mesmo com a vantagem no placar agregado, o Santos FC não ficou esperando o resultado no seu campo de defesa. Aos 7 minutos, Gabriel Pirani avança pela direita, e deixa Madson em boas condições para cruzar. O lateral santista levanta na área, e a bola sobra com Soteldo do outro lado, que cruza novamente na área. Dessa vez, Madson aparece para cabecear, e a bola passa próximo a trave.

Três minutos depois, falta em cima de Marinho na entrada da área. O próprio camisa 11 foi para a cobrança, e a bola explodiu na barreira.

Aos 17 minutos, Marinho outra vez arriscou de bola parada. Em cobrança de escanteio, o atacante santista colocou um lindo efeito na bola, e quase encobriu o goleiro. Por pouco um gol olímpico.

E no melhor estilo santista, com velocidade e com Menino da Vila, o Peixe abriu o placar. Aos 21 minutos, Felipe Jonatan lança Marcos Leonardo pela ala esquerda. O jovem atacante avança, invada a área e fica rente a linha de fundo. Mesmo não tendo nenhum ângulo para o gol, ele arrisca e manda um chute forte para passar por cima do goleiro e estufar a rede argentina. Foi o 6º gol de Marcos Leonardo como profissional.

Com o gol marcado, o Alvinegro aumentou ainda mais sua vantagem, tendo no placar agregado 4 a 1 a seu favor, e cadenciou um pouco mais a partida.

No fim do primeiro tempo, o Santos chegou mais duas vezes com perigo. Aos 41 minutos, em rápido contra-ataque, Marcos Leonardo lança Soteldo em profundidade, e o camisa 10 avança, limpa a marcação e obriga o goleiro a fazer boa defesa, colocando a bola para escanteio. No lance seguinte, em nova bola na área, Soteldo cruza, e Marinho chega batendo com violência, e a bola passa por cima do gol.

Aos 45 minutos, o San Lorenzo tentou marcar seu primeiro gol, mas João Paulo, atento, fez uma bela defesa.

O segundo tempo iniciou, e classificação santista ficou ainda mais próxima. Aos 5 minutos, Alison lança Marinho após afastar a bola da área do Peixe, e o atacante avança até a entrada da área, e recebe falta de Rojas. Como era o último homem de linha, o defensor foi expulso. Na cobrança, Soteldo bateu por cima do gol.

Aos 11 minutos, Soteldo puxa o contra-ataque pela esquerda, avança pelo meio e deixa Pará a vontade, sem marcação nenhuma, para dar um lindo tapa e colocar a bola no fundo do gol. Foi o terceiro gol do lateral com a camisa do Santos, o primeiro nessa segunda passagem. O seu último gol pelo Peixe, havia sido em 2010.

Dois minutos depois, o San Lorenzo marca o seu gol com Di Santo.

Aos 20 minutos, Marcos Leonardo recebe a bola no ataque, escapa da marcação e ajeita para Felipe Jonatan. O lateral improvisado na meia, manda uma bomba, e o goleiro espalma para escanteio.

O San Lorenzo chegou ao empate aos 32 minutos, com Romero.

Com o 5 a 3 no agregado, o Santos FC cadenciou a partida até o fim, apostando mais nos contra-ataques. Aos 43 minutos e aos 50, o arqueiro João Paulo fez duas extraordinárias defesas.

O apito final chegou aos 51 minutos da segunda etapa, e o Santos pôde comemorar mais um avanço na Conmebol Libertadores.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE