Arrascaeta supera argentino no ranking dos maiores artilheiros estrangeiros da história do Flamengo

Uruguaio tem dois gols em dois jogos nesta temporada

| LANCE! / ANDRé SCHMIDT


Arrascaeta fechou o placar contra o Madureira (Marcelo Cortes / Flamengo)

Gabigol não é o único jogador do atual elenco que vem escrevendo o seu nome entre os grandes artilheiros da história do Flamengo. Enquanto o camisa 9 se tornou, nesta segunda-feira, o maior goleador rubro-negro deste século, empatando com Renato Abreu, com 73 bolas na rede, Arrascaeta se isolou como o 7º estrangeiro com mais gols em todos os tempos. Com o tento anotado sobre o Madureira, na goleada por 5 a 1, o uruguaio atingiu a marca de 32 gols em 104 partidas e superou o argentino Alfredo González, que estufou as redes 31 vezes em 45 jogos entre 1938 e 1939. Quem aparece logo à sua frente no ranking agora é Paolo Guerrero, hoje no Internacional. O peruano deixou a sua marca em 43 oportunidades na sua passagem pela Gávea. Quem lidera a estatística com folga é Doval. 'El Loco', como era chamado, marcou 95 gols em 263 partidas com a camisa rubro-negra, conquistando os Cariocas de 1972 e 1974 pelo clube. MAIORES ARTILHEIROS ESTRANGEIROS DA HISTÓRIA DO FLAMENGO 1º - Doval (Argentina) – 95 gols em 263 jogos (1969 a 1971 e 1972 a 1975) 2º - Jorge Benítez (Paraguai) – 76 gols em 115 jogos (1952 a 1956) 3º - Petkovic (Sérvia) – 57 gols em 196 jogos (2000 a 2002 e 2009 a 2011) 4º - Sidney Pullen (Inglaterra) – 47 gols em 130 jogos (1915 a 1923) 5º - Valido (Argentina) – 45 gols em 143 jogos (1937 a 1944) 6º - Guerrero (Peru) - 43 gols em 112 jogos (2015 a 2018) 7º - Arrascaeta (Uruguai) - 32 gols em 104 jogos (2019 até hoje) 8º - Alfredo González (Argentina) – 31 gols em 45 jogos (1938 a 1939) 9º - Engel (Alemanha) – 23 gols em 75 jogos (1936 a 1938) 10º - Agustín Cosso (Argentina) – 20 gols em 28 jogos (1937 a 1938)



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE