Um Súdito no seu Reinado - Adair Alencar

| REDAçãO


Adail Taveira de Alencar. Divulgação

Sou um súdito no seu reinado, um aprendiz da sua sabedoria, as vezes um poeta apaixonado, viajando na sua fantasia. Sou um viajante nas suas curvas, descanso no seu corpo meu cansaço, por águas calmas ou turvas, me entrelaço no seu abraço.

E assim vou caminhando pela rua, pensando em você em cada canto, relembrando a doce imagem sua, com carinho te faço um acalanto. Como você é amada! em cada beijo te amo mais, pelas veredas da minha estrada, você é o meu amor, a minha paz. Adail Alencar Taveira. Aracajú, 08-03-2.021. às 12:15 hs.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE